Um dia após a entrega da nova frota de coletivos, um ônibus da linha 79 — Terminal Hércules Maymone/Terminal apresentou defeito na manhã desta quinta-feira (29), parando na Avenida Manoel da Costa Lima.

Uma operadora de caixa, que preferiu não se identificar, disse que estava indo trabalhar, quando por volta das 6h45 o veículo estragou. O atraso foi inevitável, pois dois outros ônibus que passaram pelo trecho estavam lotados.

“Um era o 070 e o outro o 076. Pego esse [ônibus] todo dia para trabalhar. Já estava cheio. Ônibus novo ficou só na conversa?”, reclama.

Cobranças no contrato

Durante a entrega dos 71 novos veículos, a prefeita Adriane Lopes (PP) garantiu que seguirá cobrando melhorias do Consórcio Guaicurus.

“Desde o início do mandato estou trabalhando pra levar melhorias para o transporte, para que se torne mais atrativo e que seja cumprido o contrato. O usuário precisa ter uma tarifa justa. Vamos continuar cobrando da empresa para que faça melhorias. Vamos reivindicar que seja renovada a frota na sequência”, garantiu.

A apresentação dos coletivos gera polêmica, pois veículos são menores, comportam 70 passageiros e substituem ônibus com capacidade maior.

Os dados fazem parte de um levantamento feito pelo grupo Ligados no Transporte e revelam que, na prática, dependendo da escolha das linhas para onde os novos ônibus vão, a situação do transporte público pode até piorar.

Os novos ônibus vão renovar apenas 15% da frota atual de 450 ônibus. Assim, outros 111 ônibus vencidos continuarão circulando em Campo Grande.

Fale com o Midiamax

Tem alguma denúncia, flagrante, reclamação ou sugestão de pauta para o Jornal Midiamax? Envie direto para nossos jornalistas pelo WhatsApp (67) 99207-4330. O anonimato é garantido por lei.

Acompanhe nossas atualizações no Facebook, Instagram e Tiktok.