A UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) abriu na última segunda-feira (23), uma chamada pública para candidatos em lista de espera para o curso de Medicina pelo SISU 2023.2 (Sistema de Seleção Unificada).

O edital da Primeira Chamada Pública da Lista de Espera do SISU 2023.2 oferece duas vagas.

Os candidatos que estão nesta lista da Primeira Chamada Pública devem enviar uma cópia digital de todos os documentos exigidos, até o dia 27 de outubro, para o e-mail da secretaria acadêmica da Faculdade de Ciências da Saúde: matricula.fcs@.edu.br.

Cotas

Os aprovados pelas cotas sociais precisa não somente enviar os documentos, mas seguir os procedimentos indicados no edital, de acordo com cada situação, para fazer a comprovação de renda, a comprovação da condição de pessoa com deficiência, a autodeclaração de negro ou a declaração de etnia e de vínculo com comunidade indígena.

Os candidatos da lista de espera que solicitaram vaga reservada para renda menor que 1,5 salário mínimo por pessoa da família podem comprovar a renda da família apresentando o comprovante de inscrição e da folha resumo do Cadastro Único para Programas Sociais do (CadÚnico), constando o nome do candidato, ainda que não seja o titular do cadastro.

O comprovante de cadastro é emitido na página eletrônica do Governo Federal, disponível em cadunico.dataprev.gov.br e a Folha Resumo é emitida presencialmente no Centro de Referência de (CRAS) ou nos órgãos responsáveis pela política de transferência de renda do município.

Heteroidentificação

No caso dos candidatos negros – pretos e pardos –, após o envio da autodeclaração, juntamente com a documentação geral, o candidato receberá, no e-mail que cadastrou na inscrição, o agendamento para seu telecomparecimento diante da Comissão de Heteroidentificação Geral da UFGD. Essa comissão irá verificar se o candidato possui as características fenotípicas de pessoas negras, como aspectos da pele, cabelo, nariz, boca, entre outros.