Grande parte do inverno em Mato Grosso do Sul foi de muita secura e calorão, mas a situação deve mudar em breve. O Estado pode ‘experimentar’ temperaturas mínimas de 10°C no próximo fim de semana.

Conforme o meteorologista do Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e Clima de MS), Vinicius Sperling, Sete Quedas pode marcar entre 9-10°C. “Pode fazer menos que 10°C em algumas áreas do extremo sul [de MS]”, diz ao Jornal Midiamax.

Em Campo Grande, as mínimas devem ser de 14°C, enquanto as máximas não passam de 21°C no domingo (27). Em Dourados, neste mesmo dia, as temperaturas variam entre 21°C e 12°C.

Entretanto, segundo Sperling, ainda há incertezas quanto a chuvas nesta frente fria. “[…] mas a queda de temperatura é bem evidente”, garante o meteorologista.

Calorão de quase 40°C

Porém, antes da chegada da frente fria, MS vai passar uma semana quente. Uma onda de calor atinge o Estado, podendo bater recordes de máximas.

“Os ventos de norte e noroeste com essa massa de ar seco e quente vai, possivelmente, bater recordes de temperatura máxima em MS até essa sexta”, diz Sperling. “Provável que fique perto da maior temperatura até agora ou ultrapasse”, alerta.

Porto Murtinho, por exemplo, terá máxima de 39°C na quarta (23) e quinta-feira (24), assim como em Corumbá. Campo Grande atinge os 37°C na quarta e 36°C na quinta.

O monitoramento mostra que há chances de chuvas, porém com menor probabilidade. A umidade relativa do ar varia entre 15 e 35%, principalmente no Pantanal, sudoeste e norte. Também pode ter registros de rajadas de vento de 40 a 60 km/h, que podem chegar a 60 km/h.