O Sisem (Sindicato dos Servidores e Funcionários Municipais de Campo Grande) marcou paralisação de advertência para o próximo dia 26 de abril, na Capital.

De acordo com o presidente do sindicato e vereador, Marcos Tabosa, a prefeitura ainda não respondeu sobre a solicitação de reajuste para 2023. “Os rumores são de reajuste zero. Assembleia que vai votar greve está agendada para 5 de maio”, disse ao Jornal Midiamax.

Conforme Tabosa, o sindicato já enviou alguns ofícios para o Executivo Municipal e ainda aguarda retorno. Caso a prefeitura não responda, os atos de protesto já estão marcados.