O Banco de Leite Humano Irmã Maria José Machado, da Santa Casa de , divulgou um alerta para a necessidade de de leite materno. O estoque fica comprometido com a chegada do fim do ano.

Atualmente são atendidos 20 recém-nascidos por dia no hospital, sendo o maior complexo hospitalar do Estado. Cada ml de leite é essencial para prematuros ou bebês com baixo peso, dependentes do leite humano para sobreviver.

O hospital diz que, com o período de festas e escolares, o número de doações tende a diminuir, colocando em risco o estoque do banco de leite.

“O leite materno é o alimento mais completo e adequado para os bebês, especialmente os que estão internados em Unidades Neonatais ou outras unidades hospitalares. Ele contém todos os nutrientes, anticorpos e fatores de proteção que eles precisam para se desenvolver de forma saudável”, explica a nutricionista responsável técnica do banco de leite, Gislene Nantes.

Coleta

Para se tornar uma doadora, a mãe precisa estar saudável, amamentando e possuir os exames de pré-natal. Ela deve entrar em contato com a unidade pelo telefone (67) 3322-4174 ou pelo (67) 98472-5256 e agendar uma visita da equipe do banco de leite, que vai avaliar as condições de saúde da mãe, orientar sobre a extração e o armazenamento e fornecer os frascos esterilizados para a coleta.

“Muitas mães pensam que não têm leite suficiente para doar, mas se elas fizerem a extração correta, seguindo as orientações das nossas profissionais, elas podem conseguir armazenar o leite excedente e doar para o banco. Nós temos um serviço de coleta domiciliar que busca o leite na casa da doadora”, afirma.

Saiba Mais