Com bonés e guarda-chuvas, a Rede Feminina de Combate ao Câncer e equipes do TCE (Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul) pararam o trânsito em blitz educativa na manhã deste sábado (21), nos altos da Avenida Afonso Pena. A ação foi realizada em alusão ao Outubro Rosa, que traz à tona a importância da prevenção.

Quando o semáforo da esquina com a Rua Coronel Cacildo Arantes fechava, as equipes do TCE-MS abordavam os motoristas com a adesivagem dos carros, venda de camisetas, e de produtos confeccionados. Todo o dinheiro arrecadado com a venda desses produtos será revertido para a Rede Feminina.

A tesoureira da Rede Feminina, Maria Maura Camargo, conta que “a iniciativa da ajuda é maravilhosa e muito bem-vinda, porque atendemos doentes que estão em tratamento com a doação de 60 cestas básicas por mês, com a compra de medicamentos para alguns pacientes, de perucas, compra de próteses para mulheres que tiveram a retirada dos seios, lenços, entre outros produtos. Por isso precisamos de ajuda para podermos ajudar essas pessoas”.

Para a servidora Mychelle Moraes, contribuir na ação é motivo de muita felicidade, visto que há alguns anos, ela teve um diagnóstico precoce de câncer de mama, e com o tratamento correto conseguiu vencer a doença.

“Feliz em poder participar de uma campanha tão importante como essa, porque precisamos dar visibilidade para a importância de um diagnóstico precoce, de nos cuidarmos fazendo o autoexame, porque foi através do autocuidado, de eu conhecer o meu corpo, que hoje estamos conversando aqui, um autoexame me possibilitou um diagnóstico precoce. E o diagnóstico precoce é fator determinante para a cura”.