Moradores do município de Figueirão, a 265 quilômetros de , estão surpresos com a condição da cantina da Municipal Professor Antônio Inácio Furtado. Em imagens que circulam nos grupos de conversas, baratas tomam conta da região de alimentação da unidade escolar.

Segundo um dos participantes do grupo, que conversou com o Jornal Midiamax, a foto foi enviada na quinta-feira (9) com a seguinte mensagem:

“Olha isso aí que nojo. . Me mandaram, parece que tem fossa aberta, as baratas bem na cantina […] que absurdo isso”.

Pela foto compartilhada na web, é possível ver ao menos nove baratas espalhadas pela parede e chão da escola, bem ao lado do que parece ser a área de alimentação. Perto dos insetos, há garrafa de café, copos de plástico e cozinha ao fundo. Vale ressaltar que as baratas podem comprometer a segurança alimentar.

A escola está localizada no bairro Jardim Barreto.

O que diz a prefeitura

A secretária interina de educação do município, Marinalva Paniago, explicou ao Jornal Midiamax que a prefeitura não recebeu nenhuma reclamação sobre o caso e acredita não se tratar de uma infestação.

“O que aconteceu foi um caso atípico de aparecer essas poucas baratas na parede. Choveu por volta de 140mm ontem (9) e toda a rede de bueiro ficou com grande volume de água, o que achamos ter ocasionado essas aparições. Com muita chuva o lençol freático subiu de forma acelerada, e com isso, naturalmente os insetos saem em circulação”, explica.

Em seguida, a gestora afirma que a direção escolar tomou as devidas providências para a limpeza e que as aulas seguiram normalmente na unidade.

Além disso, as escolas e demais prédios públicos passam por dedetização e a higienização diariamente. “Desde a pandemia foi fortalecida ainda mais a higienização dos ambientes escolares, conforme o Plano de Biossegurança”, conclui o posicionamento.

Saiba Mais