A nova unidade do ‘Dia D' de vacinação contra a Influenza que acontece no Quartel do , no Parque dos Poderes, permanece realizando atendimento até as 17h deste sábado (20). O novo local foi aprovado pela população que acordou cedinho para tomar a dose da vacina.

O local faz parte da ação itinerante que acontece em dois locais em horários distintos. Além do ponto localizado nos Altos da Avenida Afonso Pena, em frente do Quartel do Corpo de Bombeiros, no acesso ao Parque dos Poderes, os atendimentos também estão sendo realizados no supermercado Comper Tamandaré, localizado na Avenida Tamandaré, 635 – Leonídia.

Os pontos itinerantes estão vacinando somente contra a gripe, enquanto nas unidades de saúde são ofertadas as vacinas da gripe e Covid-19, além das que integram o calendário de rotina.

De acordo com Ana Paula Rezende Goldfinger, coordenadora de Vigilância Epidemiológica e da Secretária de Estado de Saúde, no quartel do Corpo de Bombeiros, os atendimentos começaram às 8h e seguem até as 17h de hoje. Ela explica que devido à baixa procura da população, nesta semana, foi realizada uma ação de fácil acesso.

A vacinação está sendo realizada até às 17 de hoje
(Ana Paula Rezende Goldfinger, coordenadora de Vigilância Epidemiológica e da Secretária de Estado de Saúde. Foto: Henrique Arakaki/Midiamax)

“Durante a semana realizamos a vacinação em no Corpo de Bombeiros da 14 de Julho e neste sábado estamos realizando no Parque dos Poderes. É um local frequentado pelas pessoas aos finais de semana. Um ponto estratégico para quem que se vacinar”, explicou.

Sulomirtes Prado, de 79 anos, acordou cedo para ser beneficiada com a dose da vacina. A idosa aprovou o novo ponto de vacinação, ressaltando a agilidade do atendimento.

A vacinação está sendo realizada até às 17 de hoje
(Sulomirtes aprovou o novo local de vacinação. Foto: Henrique Arakaki/Midiamax)

“Foi muito rápido. Normalmente precisamos nos vacinar em unidades de saúde e o atendimento demora. Me vacino todos os anos contra a influenza e gostei bastante do espaço”.

Mirtes Prado que foi acompanhar a , também aproveitou para se vacinar. Moradora da região, ela disse que o atendimento está aprovado, principalmente para as pessoas idosas.

“Fiquei sabendo do local pela imprensa. Achei rápido e prático, principalmente para a minha mãe que já é idosa”.

Dia D em Campo Grande

Campo Grande realizará o Dia D de vacinação contra a Gripe e a Covid-19 neste sábado (20). As doses estarão disponíveis durante todo o dia em 14 unidades básicas e de saúde da família e em dois pontos itinerantes.

Nas unidades de saúde, as salas de vacina irão funcionar de 7h às 17h. Estarão abertas as seguintes unidades:

  • UBS 26 de Agosto
  • USF Jardim Noroeste
  • USF Estrela Dalva
  • USF Moreninha
  • USF Universitário
  • UBS Silvia Regina
  • UBS Lar do Trabalhador
  • UBS Caiçara
  • USF Batistão
  • UBS Coronel Antonino
  • USF São Franscisco
  • UBS Dona Neta
  • USF Los Angeles
  • USF Parque do Sol.

Já a ação itinerante acontece em dois locais em horários distintos. Um dos pontos itinerantes

Vacinação no domingo

No domingo, dia 21 de maio, também haverá vacinação em dois pontos itinerantes.

Assim, as equipes da Sesau estarão no Comper Tamandaré, de 8h às 15h, e na Praça Bosque da Paz, de 9h às 14h.

A praça está localizada na Rua Kame Takaiassu, 500, no Bairro Carandá Bosque.

Estado possui 28 mortes por influenza

Mato Grosso do Sul já registra 28 mortes por influenza em 2023. A SES (Secretaria Estadual de Saúde) divulgou as últimas seis mortes no boletim epidemiológico desta quinta-feira (18).

Entre as mortes está de ama recém-nascida de Campo Grande. A menina sem comorbidades faleceu em decorrência do vírus Influenza B.

As informações constam no boletim epidemiológico de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave), elaborado pela SES (Secretaria Estadual de Saúde), sobre a 19ª semana epidemiológica.

Segundo o levantamento, o Estado registrou seis novos óbitos da Influenza, totalizando 28 mortes desde o início do ano. Além da recém-nascida, confira o perfil das outras cinco vítimas:

Homem morador de Dourados, de 71 anos, que morreu de H1N1 no dia 09 de maio. Ele tinha como comorbidade imunodeficiência/Imunodepressão;

Uma mulher de 64 anos, moradora de Campo Grande, tinha Doença Cardiovascular Crônica e Obesidade. Ela morreu no dia 12 de maio por complicações da H1N1;

Uma mulher de 65 anos, de Três Lagoas, morreu no dia 12 de maio por H1N1. Tinha como comorbidade doença Neurológica Crônica, outra Pneumopatia Crônica;

Moradora da Capital, de 45 anos, faleceu em 15 de maio por H1N1. Tinha Imunodeficiência/Imunodepressão;

Homem de Campo Grande, faleceu aos 39 anos com o vírus da Influenza B, no dia 13 de abril. Tinha como comorbidade doença Cardiovascular Crônica e Obesidade.

Com isso, das 28 mortes em Mato Grosso do Sul por Influenza, 18 foram de homens e 10 de mulheres.

Mais de 200 novas internações por SRAG em MS

O número de casos de internação por SRAG no intervalo de uma semana em Mato Grosso do Sul saiu de 3.006 para 3.211, o que representa 205 novas hospitalizações.

Crianças com até nove anos continuam representando mais do que a metade dos casos, com 59,7% das internações por SRAG.