A prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes, anunciou na tarde desta quinta-feira (24), que o pagamento do piso da enfermagem será feito no dia 6 de setembro.

“Na nossa rede municipal são 745 profissionais entre enfermeiros, técnicos de enfermagem e auxiliares de enfermagem que receberão esse recurso. A nossa equipe está trabalhando, temos até 30 dias para repassar este recurso para os profissionais da saúde, mas a equipe do doutor Sandro se reuniu de ontem para hoje e nós vamos conseguir pagar o próximo pagamento no dia 6 de setembro, na véspera de feriado na quarta-feira”, disse a prefeita.

Ainda conforme Adriane Lopes, na segunda-feira (28) será enviado projeto de urgência para a Câmara, que deverá ser votado na terça-feira, para que o pagamento seja feito já no dia 6.

São 745 profissionais da Sesau e 1.904 dos prestadores com recursos de complementação do piso previsto para recebimento, totalizando 2.649.

Vão receber os recursos os profissionais da Santa Casa, Hospital São Julião, Hospital do Pênfigo, Maternidade Cândido Mariano, nesses casos a enfermagem desses hospitais também terá direito a receber o piso salarial.

O secretário de saúde de Campo Grande, Sandro Benites, detalhou a distribuição do recurso. “A maioria do recurso não será para Sesau, pelo contrário, serão para essas instituições. Nós vamos ter mais ou menos desse montante agora, nós temos 1.904 profissionais da rede credenciada que pertence à Sesau, frequentemente pelo SUS, e 745 profissionais da Sesau serão contemplados nesse momento”, disse.

Piso da enfermagem

Conforme determinou a Lei nº 14.434/2022, o Piso Nacional da Enfermagem estabelece os seguintes vencimentos: R$ 4.750,00 para enfermeiros; R$ 3.325,00 para técnicos de enfermagem; e R$ 2.375,00 para auxiliares de enfermagem e parteiras.

Ao todo, foram repassados R$ 11.809,486,00 pelo Ministério Saúde ao município, que serão utilizados para pagamento dos profissionais da Rede Municipal de Saúde e dos estabelecimentos contratualizados, retroativo aos meses de maio, junho, julho e agosto. Conforme anunciado pelo Ministério da Saúde, o pagamento do exercício de 2023 terá nove parcelas (referentes aos meses de maio, junho, julho, agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro de 2023).

Segundo a prefeitura, os meses já superados serão pagos retroativamente, sendo que, no mês de dezembro, haverá o repasse de duas parcelas.