Na manhã desta quinta-feira (2), no auditório da Casa da Mulher Brasileira em , será lançada uma com 31 atividades durante todo o mês de março em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, celebrado na próxima quarta-feira, dia 8. Na ocasião, será feita também a apresentação do Dossiê Mulher e entrega do Selo CIG. O evento acontece às 10h30.

Com objetivo de avaliar o atendimento e criar ou aperfeiçoar as políticas públicas voltadas para as mulheres como também a consolidação das informações de todos os serviços que são oferecidos na Capital relativos à violência, o estudo do Dossiê Mulher será atualizado anualmente, conforme explicou Carla Stephanini, subsecretária da Semu (Subsecretaria de Políticas para Mulheres).

Será realizada ainda a entrega do Diploma Selo CIG (Compromisso com a Igualdade de Gênero). O Selo foi instituído por meio do Decreto nº 13.248 de 18 de agosto de 2017 e foi inspirado nos sete Princípios de Empoderamento das Mulheres, ditados pela ONU Mulheres Brasil, em conjunto com a Rede Brasileira do Pacto Global, para ser concedido às instituições públicas e privadas, que se comprometam a adotar ações efetivas em favor da igualdade de gênero no mundo do trabalho. Serão três instituições que receberão o Selo.

“Vamos abrir a programação com o lançamento do Dossiê e entrega do Selo CIG, mas também vamos anunciar todo o roteiro de atividades do mês de março, como o Cine Mulher, o programa Mulher que Cuida de Mulher, palestras, rodas de conversas, oficinas, entre tantas outras. Ao todo, serão 31 atividades na programação durante todo o mês de março“, afirmou a subsecretária.

As três instituições são Sabin Medicina Diagnóstica, Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande e Fundação Social do Trabalho de Campo Grande.

A Sabin Medicina Diagnóstica é um dos maiores players no setor de medicina diagnóstica do país. Fundado em há 38 anos, pelas bioquímicas Janete Vaz e Sandra Soares Costa, o grupo conta com mais de 7.000 colaboradores, que atendem mais de 5,7 milhões de clientes no e mais 15 estados da Federação, incluindo Mato Grosso do Sul.

Quem vem de Brasília para receber o prêmio em mãos é uma das próprias fundadoras, Janete Vaz. Eleita por dois anos consecutivos uma das mulheres mais poderosas do Brasil segundo a revista Forbes, Janete foi eleita também uma das Melhores Gestores de empresas do Brasil pela Revista Valor Liderança à frente do Sabin Medicina diagnóstica. A empresa possui 77% do quadro funcional composto pela força feminina, que ocupa 74% dos cargos de liderança. A empresa é uma referência em empreendedorismo feminino no País.

A segunda instituição a receber o Selo é a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande). Desde 1977, a entidade é a voz do varejo, estando a frente das principais pautas do setor, entre elas desenvolvimento, segurança, impostos, taxas e o que demais afeta diretamente os lojistas da Capital, além de oferecer serviços e produtos que vêm ao encontro com as suas necessidades. O prêmio será entregue a Inês Santiago, 2ª vice-presidente da CDL. Inês atua como empresária na capital de MS há quase 30 anos e à frente da Federação, aplica sua experiência para ajudar o comércio varejista do Estado e tem investido na qualificação dos empresários e trabalhadores do setor.

Já a Funsat (Fundação Social do Trabalho de Campo Grande) vai receber a renovação do Diploma do Selo CIG, que pode ser solicitado ao Semu a cada dois anos. Criada sobre o Decreto de nº 13.053, de 17 de janeiro de 2017, tem dentre suas principais atribuições, a promoção e a implantação de unidade para oferta de empregos, em articulação com a iniciativa privada, para a promoção permanente da colocação de trabalhadores e a recolocação de pessoas desempregadas. O diploma será recebido por Paulo da Silva, que atualmente encontra-se à frente da Funsat, onde deseja contribuir principalmente para o fortalecimento das políticas públicas de fomento ao e geração de renda das famílias da capital.