Mato Grosso do Sul registrou queda no número de casos prováveis de dengue em uma semana, ou seja, 671 notificações foram descartadas em uma semana. Os casos prováveis englobam os que estão confirmados, em investigação e os ignorados, e desconsidera os que foram descartados. 

(SES-MS)

Os dados são do boletim da SES-MS (Secretaria Estadual de Saúde), referente a 35ª semana epidemiológica.

O número de óbitos e de casos confirmados permaneceu estável. São 36 mortes e 38.552 positivos desde o começo do ano.

Porém, o número de vítimas fatais está acima de anos anteriores, como 2021 (14) e 2022 (24). A mortalidade da doença, em 2023, está em 1,31 a cada 100 mil habitantes. 

A taxa de incidência de casos prováveis está alta em 74 dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, incluindo Campo Grande. Somente Aparecida do Taboado está com índice baixo.