Novo boletim epidemiológico, publicado nesta terça-feira (14), aponta que registrou 531 novos casos e cinco óbitos por nos últimos sete dias. Assim, sobe para 87 o número de mortes por coronavírus em 2023 no Estado.

Das vítimas fatais, duas eram de Campo Grande, uma de , outra de Três Lagoas e uma de . Quatro delas possuíam comorbidades. As duas mortes mais recentes foram registradas em 6 de março.

Além disso, 12 pacientes estão internados. Desse total, 10 estão em leitos clínicos e dois na UTI. Boletim também reforça que 1.403 pessoas confirmadas com a doença estão em isolamento domiciliar em andamento.

Vale ressaltar ainda que público de 35 anos ou mais atingiu apenas 25,6% da dose de reforço no Estado até então.

Onde se vacinar em Campo Grande

Segue disponível em mais de 50 locais de Campo Grande a vacina contra a covid-19, principal arma de proteção contra a covid-19. Podem receber as doses, de primeira a quarta, moradores a partir dos seis meses de vida.

Segundo a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), nesta terça-feira (14), o atendimento é das 7h30 às 16h45. É preciso estar atento porque a aplicação das vacinas infantis é feita em unidades específicas.

Desde o último sábado (11), trabalhadores da saúde com 30 anos ou mais estão aptos para receber a vacina bivalente contra a Covid-19. Além deles, idosos, indígenas aldeados, quilombolas e população imunocomprometida com 12 anos ou mais também podem receber o imunizante.

Saiba Mais