A partir desta segunda-feira (6), moradores em situação de rua e imigrantes que moram em Campo Grande terão atendimento judicial. O Pop Rua Jud é realizado por meio de parceria entre a Prefeitura de Campo Grande e a Justiça Federal de Mato Grosso do Sul.

A Unidade de Acolhimento Institucional para Adultos e Famílias I, localizada no Jardim Veraneio, sediará a ação. Então, os atendimentos tem como objetivo facilitar o acesso da população de rua a serviços dos órgãos que compõem o sistema judiciário, da rede pública municipal e estadual.

Assim, mais de 20 serviços funcionarão das 9h às 17h. O projeto ficará disponível até a quarta-feira (8). Conforme o comitê organizador, a estimativa é que a ação realiza mais de mil atendimentos.

São esperadas cerca de 600 pessoas acolhidas na unidade, nas 11 comunidades terapêuticas cofinanciadas e parceiras da SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social). Além disso, deve atender imigrantes que passam pela Casa de Passagem Resgate, Centro POP e moradores em situação de rua abordados pelo SEAS (Serviço Especializado em Abordagem Social) durante a semana.

Serviços oferecidos

A superintendente da Social Especial da SAS, Tereza Bauermeister, destaca que equipes da Assistência Social, Jurídica e demais órgãos estarão logo na entrada da Unidade. Enquanto entidades parceiras realizarão uma triagem e encaminhando as pessoas para os atendimentos necessários.

Nas tendas, profissionais e técnicos oferecerão serviços como regularização de documentos, cadastro único, vagas de trabalho, orientação jurídica e consulta a processos trabalhistas. Além de orientações sobre saúde, vacinação, testagem rápida, atendimento odontológico, atendimentos na área da beleza. Por fim, também haverá apresentações culturais organizadas pela Sectur (Secretaria Municipal de Cultura).

Participam da ação: (Secretaria Municipal de Saúde), Sesdes (Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social), Funsat, Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos). Amhasf (Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários), Agetec (Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação), Funesp (Fundação Municipal de Esporte). Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo), SDHU (Subsecretaria de Defesa dos Direitos Humanos) e Agetran. Assim, o Governo do Estado também participa da ação, junto com a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Polícia Federal, e Senac.

Academia para a Unidade

No mesmo dia do início das atividades, será inaugurada a Academia ao Ar Livre da Unidade de acolhimento. O projeto faz parte do Programa Movimenta Campo Grande, que visa promover a saúde e o lazer, com perspectivas de qualidade de vida coletiva.

Assim, a unidade recebe aparelhos como: multiexercitador, simulador de caminhada duplo, sky duplo, placa orientativa, máquina abdominal. A academia também conta com simulador de cavalgada duplo, supino, rotação duplo vertical e rotação vertical com duplo diagonal.

Saiba Mais