Dois jovens, de 21 e 25 anos, sofreram queimaduras graves devido à explosão de um tripé de chapa de bife que estava sendo utilizado para queimar carvão de narguilé. O acidente aconteceu em uma residência no Batistão, em , durante a noite desta quarta-feira (2). Os dois rapazes são primos.

Eles foram socorridos conscientes, com queimaduras na região do tórax, braços e pernas e levados por uma ambulância avançada do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para a Santa Casa. O rapaz de 25 foi quem teria sofrido queimaduras mais graves.

No local, há duas casas, uma na frente onde mora a avó dos jovens e outra aos fundos onde os dois faziam o uso do narguilé. De acordo com os familiares, a explosão aconteceu quando um deles jogou álcool, acreditando que o carvão estava apagado no tripé.

Iraci Veron Resende, de 78 anos, avó dos dois, conta que ouviu o momento da explosão. “Eu estava deitada assistindo televisão, vendo o celular, eu escutei aquele estrondo. Larguei o celular e sai correndo. Entrei aqui era só fumaça dentro dessa casa. E o guri queimado no banheiro, com as mãos pingando sangue”, disse sobre o neto de 25 anos. Ela entrou em contato com o pai do jovem que acionou o Samu. Eles tiraram parte das do corpo, que estavam em chamas no momento do ocorrido.

“Quando me ligaram disseram que tinha explodido o negócio com álcool de combustível. Quando eu cheguei aqui, meu sobrinho (de 25 anos) já estava na ambulância”, disse o técnico de eletrônica Mauro Candia sobre o sobrinho, que foi quem sofreu as queimaduras mais graves quando jogou o álcool. Mauro é pai do jovem de 21 anos.

O Militar de alerta para o perigo da utilização de álcool ao fazer bife na chapa. Seguem abaixo dicas e orientações dos Bombeiros em caso de queimaduras:

Independentemente do grau, a vítima precisa ser imediatamente encaminhada ao pronto-socorro. O atendimento na primeira hora após o trauma minimiza edemas.

Evite receitas caseiras, como o uso de pasta de dentes, manteiga, pó de café, folha de bananeira, entre outras. Essas substâncias podem agravar o quadro, retardando o tratamento e a cicatrização, além de sujar o local da lesão.

O socorro imediato e especializado é de suma importância para minimização de sequelas futuras e evitar o risco de infecções, já que o corpo fica fragilizado pelos ferimentos.

Roupa dos jovens que sofreram queimaduras (Midiamax)