Há quase um ano a Starlink está disponível para contratação no Mato Grosso do Sul. Conhecido por ser a internet via satélite do , o serviço promete alta velocidade e há um mês está mais barato. A assinatura que já custou mais de R$ 500, agora é comercializada a R$ 184 para residências.

O site da empresa informa que a internet está disponível em todo o Mato Grosso do Sul, com desconto permanente de 20% na mensalidade e 50% no equipamento. O cliente além do pagamento mensal da assinatura, precisa adquirir a antena, que atualmente custa R$ 1 mil, com o desconto.

Mas é necessário estar atendo às taxas. A empresa informa que os valores finais são calculados de acordo com o imposto de cada estado. Em , a promessa é de velocidade de download de 100 Mbps e com possibilidade de teste por 30 dias.

Valor mensal passa de R$ 200, mas cliente recomenda

O empresário Luiz Felipe Von Atzingen, 38, se candidatou a ser um cliente da Starlink há três anos, mas só teve acesso ao serviço em agosto de 2021. Na época, pagava R$ 676,94 mensais pelo serviço de internet residencial, em Campo Grande. O valor somava a mensalidade de R$ 530 mais R$ 146,94 de impostos, que incluem FEE, PIS, COF e ICMS. Ao longo de quase um ano sendo cliente do Elon Musk, ele viu o cair em mais da metade.

Atualmente, Luiz Felipe paga R$ 254,76 pelo serviço, sendo R$ 184 de mensalidade mais R$ 70,76 de impostos. Mas ele afirma que nunca precisou acionar o suporte da empresa, ou seja, não tem problemas com o fornecimento.

“Como é por satélite em chuvas fortes o sinal fica prejudicado e às vezes cai. Mas a experiência é muito boa, a velocidade fica entre 250 e 300Mbps na maior parte do tempo”, conta ele que tem o serviço da Starlink em casa e na empresa.

Starlink
Velocidade da internet (Foto: Luiz Felipe Von Atzingen)

Instalação por conta do cliente e suporte no aplicativo

Diferente dos serviços de internet convencionais, na Starlink o cliente não tem contato com funcionários de maneira pessoal. A contratação é feita direto no site da empresa, bem como o pagamento do equipamento. A antena é enviada para a residência do contratante, que fica responsável pela instalação.

O chamado Kit Starlink inclui a antena, a base, o roteador e dois cabos. No site é disponibilizado um vídeo explicando como deve ser feita a instalação e configuração da antena. “A instalação é bem simples, mas é sim responsabilidade de quem compra. É só fixar (ou mesmo apoiar) a antena em um lugar com céu aberto. A configuração a antena faz praticamente sozinha”, conta o cliente Luiz Felipe.

Já situações que necessitem acionar o suporte da empresa devem ser feitas por um aplicativo. Bem como as demais demandas com a empresa.

Satélites foram vistos no céu em 2020

Em outubro de 2020, “luzes estranhas” foram vistas por moradores de Corumbá e Ladário no céu. Também tiveram relatos em Campo Grande. A explicação era que se tratava dos satélites do projeto Starlink, da SpaceX, uma das principais empresas privadas de serviços de transporte espacial do mundo, de Elon Musk, nos .