O Beta Carnes, que teve abates suspensos nesta quarta-feira (29) devido a irregularidades, deve apresentar um relatório a  Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) apresentando as melhorias adotadas. A empresa afirma que fará isso até a próxima semana.

De acordo com a , com o relatório em mãos a agência volta ao frigorífico para uma análise em loco dos pontos irregulares e que devem ser melhorados. Após a entrega dos relatórios, a acontece em um ou dois dias.

Suspensão em julho

Entre os itens apontados em desconformidade e que motivaram o fechamento da planta estão falhas no encanamento, portas com fechamento ineficiente, licença desatualizada, salas sujas e com pragas, como pequenos sapos, aventais sujos, carcaças no piso, entre outros.

Porém, em julho deste ano a planta também foi alvo de fiscalização e teve os abates suspensos. A Beta Carne entrou na justiça, conseguiu um prazo para fazer adequações e retomou os abates. No relatório de novembro, a Iagro apontou que alguns itens foram cumpridos apenas parcialmente.

A empresa entrou com um pedido na justiça em caráter de urgência, no sábado (25), solicitando que as atividades fossem retomadas, apontando que não teve o direito de apresentar a defesa administrativa e nem recebeu nenhum documento no dia da vistoria.

Contudo, o pedido foi indeferido na justiça, sob a justificativa que a empresa já teria ciência das inconformidades e que não se tratam de fatos novos.

Saiba Mais