Teve início nessa segunda-feira (6), o 9º ENEPEX  (Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão) da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) e da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS).

O evento pode ser considerado o maior encontro científico do Mato Grosso do Sul, pela grande quantidade de trabalhos acadêmicos sendo apresentados. Nesta edição, 1.346 resumos foram inscritos no evento, que conta com mais de 2 mil participantes.

A palestra de abertura foi ministrada pela professora doutora Olgamir Amância Ferreira, decana de Extensão daUniversidade de Brasília (UNB). O tema da abertura foi “O papel e os desafios da universidade pública na defesa do Estado democrático de direito”.

A professora Olgamir apresentou os fundamentos do Estado democrático de direito, estabelecidos no primeiro artigo da Constituição Federal e demonstrou de que maneira a universidade pública se conforma em uma via para realização da cidadania e da dignidade humana.

Esta é a nona edição em que as duas universidades unem seus principais eventos científicos. A UEMS realiza o EPEX há 13 anos, e a UFGD tem 17 anos de tradição promovendo o seu encontro chamado ENEPEX.

 Em 2020, ambas universidades testaram a realização do evento com palestras e apresentação de trabalhos on-line. Assim, a apresentação de trabalhos outrora feita em banners de lona foi substituída por encontros virtuais, disponíveis para os inscritos no evento.

Ao longo desta semana, os trabalhos inscritos serão apresentados por meio de comunicação oral em ambiente virtual, na plataforma Even3. O cronograma de horários das apresentações está disponibilizado no site do evento: http://enepex.uems.br/