Estudantes de escolas municipais e estaduais de participam nesta quarta-feira (22) do plantio de mudas frutíferas nas margens do córrego Jaguapiru, que fica na aldeia de mesmo nome. A ação faz parte do Dia Mundial da Água.

Já na quinta-feira (23), às 8h e 13h30, estudantes do ensino fundamental da escola Municipal Indígena Tengatui Marangatu, na Aldeia Jaguapiru, participam de palestra ministrada pelo Prof. Ms. Cajetano Vera com o tema “Por que o Dia Mundial da Água? O que fazer?”

As atividades são coordenadas pelo Imam (Instituto de de Dourados) e visam à conscientização das a respeito da preservação de nascentes, córregos e mananciais como forma de garantir o abastecimento de água na cidade.

A Reserva Indígena de Dourados enfrenta problemas considerados crônicos em relação ao abastecimento de água. A maior parte das residências não possui encanamento. Diante do problema considerado crônico, foi criado um GT (Grupos de Trabalho) que é coordenado pelo vice-governador, José Carlos Barbosinha, o Barbosinha.