Praças públicas, parques e quadras de passam por reformas na parte da iluminação. A Prefeitura de Dourados, por meio da Semsur (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos), cumpre cronograma para troca das lâmpadas antigas por luminárias de LED.

O serviço já foi concluído na quadra coberta do Ceper do 1º Plano e segue na quadra de areia, parquinho infantil e gramado do local, além das dependências Complexo Esportivo Jorge Salomão, o Jorjão. 

O Alan Guedes acompanhou parte dos trabalhos na quadra coberta. “É mais economia, mais eficiência, mais qualidade e consequentemente mais segurança para a nossa população”, destacou. 

A de troca da iluminação antiga por refletores de LED inclui ainda as quadras de cimento e areia do Parque dos Ipês e Parque Rego D’água; quadras de cimento e areia, além do campo gramado da Praça do Canaã III e do Parque Antenor Martins.

Novas instalações também são feitas na quadra coberta e campo da praça no Izidro Pedroso. O mesmo acontece quadra coberta, quadra de tênis e campo do Ceper do 3º Plano, assim como nas quadras e pista de skate do Parque Alvorada e as dependências do Parque Arnulpho Fioravante.

Outros locais passam por vistorias que analisam a viabilidade para instalação das novas luminárias. Um deles é o distrito de Itahum que recebe as equipes da Semsur e em breve a região também deve ganhar os refletores de LED.

“Estamos trabalhando na remoção dos antigos refletores de vapor metálico, bem como na remoção e substituição das antigas cruzetas para fixarmos os novos refletores LED. Todas as quadras, inclusive as de areia, irão receber essa modernização, que gera economia e eficiência”, explica o secretário da Semsur, Márcio Antônio do Nascimento.

No Parque Antenor Martins, outro serviço realizado é a substituição dos cabos de cobre por fios de alumínio, além da instalação aérea e não mais subterrânea. “Isso previne os furtos. O cabo de alumínio tem uma incidência de furto menor e a instalação aérea, que visa coibir e inibir a ação dos vândalos”, destaca Márcio.

Em dezembro de 2022, o furto de mais de cinco mil metros de cabos de cobre deixou a iluminação do local parcialmente com cerca de 180 postes sem luz. Neste ano, a Praça Alfredo Uhde passou pela mesma situação e ficou completamente sem iluminação.

Saiba Mais