A Prefeitura de prorrogou o prazo de inscrição no programa “Família Acolhedora” até o dia 20 de dezembro. O projeto propicia o acolhimento de e adolescentes que sofrem abandono.

Além disso, o projeto também acolhe aqueles que sofreram maus-tratos, abuso sexual, negligência grave ou ainda cujas famílias, ou responsáveis, encontram-se temporariamente impossibilitados de cumprir sua função de cuidados e proteção.

O prazo, que anteriormente terminava no dia 31 de outubro, foi estendido e agora segue até às 13h do dia 20 de dezembro de 2023.

Para fazer parte do projeto social, algumas regras devem ser seguidas, confira:

  • ter 21 anos ou mais, não importa o gênero e o estado civil;
  • precisa ter renda financeira;
  • precisa morar em Dourados;
  • apresentar documentos pessoais;
  • apresentar atestado de saúde física e mental.

A secretária municipal de Assistência Social, Daniela Hall, explica que as famílias cadastradas são selecionadas para acolher em sua residência a ou adolescente por um período definido pela Justiça.

“É importante ressaltar que a família interessada tem que ter disponibilidade de tempo, interesse em dedicar-se aos cuidados e proteção à criança ou adolescente acolhido”.

As inscrições são realizadas na sede do Serviço Família Acolhedora, pelo telefone 99600-8026 ou e-mail: familiaacolhedora@dourados.ms.gov.br.

Serviço

A sede do Serviço Família Acolhedora fica na Rua Hiran Pereira de Matos, 1520, Vila Mary.