A proposta de relicitação da BR-163 deve ser discutida em Dourados, uma vez que o município está inserido na chamada ‘Rota Tuiuiu’, assim denominada a divisão da rodovia, hoje administrada pela CCR MSVia. Entretanto, ainda não há uma data agendada.

O pedido foi feito pelo vice-governador de MS, José Carlos Barbosa, o Barbosinha, durante encontro realizado pela (Agência Nacional de Transportes Terrestres), na para debater o novo formato de concessão da exploração do Trecho Norte da BR-163, chamado Rota Pantanal. 

A proposta, encaminhada pelo vice-governador por considerar esse deslocamento como forma de facilitar o acesso e a convergência dos prefeitos da região Sul do Estado, diretamente interessados nessa questão, foi acolhida pelo diretor da Agência nacional, Rafael Vitale, que já iniciou entendimentos nesse sentido com as partes envolvidas.

“O percurso pela BR-163/267/MS, que vai compor o Trecho Sul, tem importância estratégica para a nossa região, porque vai promover a logística de escoamento da nossa produção agrícola, especialmente da e do milho, contribuindo para o desenvolvimento regional do centro-oeste do país e nada melhor do que envolver diretamente nesse debate as nossas lideranças produtivas e as autoridades desses municípios”, justifica o vice-governador.

Segundo informações de Barbosinha, nessas audiências, a ANTT colhe contribuições da sociedade às minutas de Edital e Contrato, ao PER (Programa de Exploração da Rodovia) e aos Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental, que visa a concessão do lote rodoviário composto pela rodovia BR-163/MS.

Saiba Mais