A onda de calor retorna com intensidade alta em cidades de Mato Grosso do Sul. Nas últimas 24h, o ranking nacional classifica oito regiões mais quentes entre 19 municípios brasileiros, sendo cinco sul-mato-grossenses no topo. Na terça-feira (7), as temperaturas ultrapassaram 42°C.

Conforme a do (Instituto Nacional de Meteorologia), Porto Murtinho marcou a maior temperatura do dia, com máxima de 42,3°C. Em seguida está Coxim (41,6°C), Nhumirim-região pantaneira (41,1°C), (41°C) e Miranda (40,6°C). O Estado “compete” com Mato Grosso, que fica nas posições seguintes, Cuiabá (40,4°C) e Vila Bela da Santíssima Trindade (41,1°C). Também estão no monitoramento: (40°C), Água Clara (38,8°C) e Sidrolândia.

inmet
Valores extremos (Inmet)

A umidade relativa do ar está em índice preocupante, com 11 cidades listadas entre 19. Os valores variam, de 11 a 18%. Campo Grande é a terceira região mais seca do Brasil nas últimas horas, com 13%. Vale lembrar que o ideal para a saúde é de 60%, de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde).

Em quarto lugar está Porto Murtinho (13%), em seguida Sidrolândia (13%), (14%), Miranda (14%), Corumbá (15%), Jardim (15%), São Gabriel do Oeste (17%), (18%), Dourados (18%) e Juti (18%).

Pode piorar

O breve ‘refresco’ nas temperaturas pode acontecer na quinta-feira (9), com a possibilidade de chuvas em todas as regiões do Estado. Pode ser registrada chuva de intensidade fraca a moderada e, localmente, podem ocorrer chuvas mais intensas e tempestades acompanhadas de raios, rajadas de vento e queda de granizo. As instabilidades atmosféricas podem atingir todo o Estado, mas o destaque é para as regiões sul, central, sudoeste, oeste e nordeste.

Entretanto, a partir do fim de semana, uma terceira onda de calor extremo se aproxima do Estado, conforme o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima). Os valores preocupantes estão previstos de 13 a 20 de novembro, causado por um bloqueio atmosférico, que irá favorecer uma nova onda de calor, com altas temperaturas próximas aos 40 e 45°C e baixos valores de umidade relativa do ar entre 10 e 30%.