O Hemosul de Campo Grande está convocando doadores por conta da situação de emergência causada pelo baixo estoque de sangue tipos ‘O' positivo e negativo, com 7% e 5% de capacidade, respectivamente.

Segundo o Hemosul, desde o início da semana o número de doadores diários não atinge a quantidade de 100 pessoas, o que prejudica o atendimento de toda a rede em Mato Grosso do Sul.

“Para manter as doações de sangue e continuar atendendo pacientes e hospitais, o Hemosul convoca os doadores de sangue a comparecerem em e também nas unidades coletoras do interior do Estado”, publicou nota.

Na Capital, além do Hemosul Coordenador, as doações também podem ser feitas na e no Hospital Regional.

No interior, as unidades coletoras funcionam em Dourados, Três Lagoas, Ponta Porã, e Coxim. A rede também possui unidades de armazenamento e distribuição em Aquidauana, Corumbá, e Nova Andradina.

No Hemosul Coordenador, em Campo Grande, as doações podem ser feitas de segunda a sexta das 7h às 17h e aos sábados das 7h às 12h.

As doações também podem ser feitas na Santa Casa e no Hospital Regional, que funcionam das 7h às 12h – de segunda a sexta-feira.

Como doar sangue

Para doar basta comparecer à unidade com documentos pessoais, estar bem alimentado e bem de saúde.

Também é necessário ter entre 16 e 69 anos e pesar 51 kg ou mais. Além disso, é importante ficar atento ao intervalo para quem se vacinou contra a (Coronavac 48h, já Astrazeneca, Pfizer e intervalo de 7 dias).

O Hemosul também reforça que doenças respiratórias deixam o doador inapto enquanto estiver doente.

Homens podem doar sangue até quatro vezes ao ano com intervalo mínimo de dois meses. Mulheres podem doar até três, com intervalo mínimo de três meses.

Serviço

O Hemosul Coordenador funciona na Av. Fernando Corrêa da Costa, 1304.

Os telefones para contato são (67) 3312-1517 e 99298-6316 (WhatsApp).