Com a abertura da temporada da pesca esportiva no , na modalidade de pesque e solte no mês de fevereiro, o 2º Festival Internacional de Pesca Esportiva de (Fipec) bateu recorde de participantes: são 275 equipes inscritas para a prova adulta, que será realizada no domingo (5), e 1.200 no infantil-juvenil, etapa marcada para este sábado. As provas ocorrerão no , em frente ao Porto Geral da cidade.

O festival é realizado pela e ACERT (Associação Corumbaense das Empresas Regionais de Turismo) e conta com o apoio do Governo do Estado. O evento que promove a prática do pesque e solte no Pantanal – hoje uma tendência aprovada por mais de 80% dos pescadores esportivos que vêm em busca de grandes emoções no Rio Paraguai – acontece na Capital do Pantanal desde 1999, mas pelo segundo ano foi assumido pela prefeitura.

Para os empresários de turismo, o fato de o festival ocorrer em fevereiro promove o destino, que tem a pesca esportiva o principal evento de seu calendário, e divulga e estimula o pesque e solte. “Com a temporada de pesca e o festival iniciando em fevereiro, estamos certificando que Corumbá tem o DNA da pesca esportiva com sustentabilidade, com a preocupação de preservar nosso estoque pesqueiro”, afirma Joice Santana, associada da ACERT.

Pesquisa realizada em 2022 pela Fundação Municipal de Turismo do Pantanal apontou que o Fepic daquele ano movimentou mais de R$ 3,5 milhões na economia local, gerando 1.050 empregos. A rede hoteleira (15 hotéis e pousadas pesquisados) teve uma taxa de ocupação de 66% (1.037 turistas, com permanência entre três e cinco dias), totalizando uma receita de R$ 622 mil em diárias. O público no Porto Geral, em três dias, foi recorde: mais de 10 mil pessoas.

Premiação de R$ 100 mil

As inscrições foram encerradas no dia 1º de fevereiro e foi confirmado o recorde de participantes na prova adulta: 275 equipes (até três pescadores por barco). Em 2022, foram 256 equipes. A maioria dos pescadores é de Corumbá, Ladário, Campo Grande, Três Lagoas, Miranda, e também da Bolívia, país fronteiriço. Na prova infanto-juvenil (6 a 17 anos), foram 1.200 inscrições, superando também o ano passado (mais de 800).

A prova principal (adulta) será realizada no domingo, das 7h às 15h, em trecho do Rio Paraguai ainda não divulgado, cuja extensão será ampliada em relação ao ano passado. A competição infanto-juvenil será no sábado, a partir das 7h30, por baterias com coordenação de monitores da Fundação de Meio Ambiente de Corumbá, responsável pela organização do Fipec. Os kits das respectivas provas estão sendo retirados nesta sexta-feira, no Porto Geral.

Além da premiação em dinheiro para a categoria adulta, o festival distribuirá R$ 100 mil em prêmios (um carro zero, moto, barco de alumínio e motor de popa), por meio de sorteios, que ocorrerão às 17h de domingo, com shows na sequência. A abertura do Fipec será nesta sexta-feira, com shows no Porto Geral, onde a prefeitura montou estrutura com tendas e praça de alimentação e de artesanato. No sábado, haverá também shows na orla portuária, a partir das 19h30.