Um vídeo enviado por um leitor do Jornal Midiamax, mostra o momento que água da chuva começa a invadir a unidade 24h de urgência e emergência do Coophavila II, em .

Nas imagens é possível ver os pacientes aguardando atendimento em pé, enquanto a água escoa por diversos pontos do telhado da unidade de saúde, molhando chão, balcões e cadeiras.

Em outro momento do vídeo, o leitor mostra uma parte da parede, já gasta e escura, que evidencia o problema antigo. “Olha o descaso com as pessoas vindo atrás de um atendimento”, lamenta o leitor. “Triste realidade”.

O Jornal Midiamax procurou a assessoria da (Secretaria Municipal de Saúde). Confira a nota:

“As equipes de da Sesau já foram acionadas para proceder com os reparos paliativos. Em razão do grande volume de chuva e ventos, houve o deslocamento de algumas telhas, o que provocou a infiltração. Apesar dos transtornos, não houve prejuízos em relação ao atendimento dos pacientes. O CRS Coophavila está dentro da da Sesau para receber melhorias em sua estrutura, o que irá resolver estes problemas crônicos de infiltração. Somente este ano, mais de 20 unidades foram revitalizadas e há pelo menos outras 10 que estão com processos em andamento, incluindo as UPAs e CRSs”