Começa no próximo domingo (22) a campanha para captura de antas em Campo Grande. O Antas Urbanas realiza a terceira captura para instalar nos animais colares de rastreamento via satélite e estudo na saúde dos bichos.

A atividade é um projeto do IPÊ (Instituto de Pesquisas Ecológicas) e Incab (Iniciativa Nacional para a Conservação da Anta Brasileira), que está implementado na cidade desde 2021.

Os dados coletados devem ampliar estratégias locais para a conservação da anta brasileira, espécie ameaçada de extinção no Cerrado, de acordo com a Lista Vermelha do ICMBio (Instituto Chico Medes de Conservação da Biodiversidade).

Segundo a organização, cerca de 250 relatos de avistamentos de antas foram registrados nos últimos anos. Cinco regiões foram selecionadas para monitoramento: Chácara dos Poderes, Parque
do Prosa, Matas do Segredo, Eletrosul e São Julião.

“Os locais em que estes avistamentos ocorriam, em alguns casos em regiões centrais da capital, foi o que mais nos chamou a atenção. Além disso, o Projeto surgiu para aproximar a população campo-grandense da INCAB, afinal é a cidade onde estamos sediados”, afirma a conservacionista e coordenadora da INCAB-IPÊ, Patrícia Medici.

antas
Avistamentos de gigantes em ruas (Divulgação)

Duas armadilhas de caixa foram instaladas no Parque Estadual Matas do Segredo no ano passado. Nas primeiras campanhas, dois machos, um adulto de oito anos e outro subadultos, foram capturados. Os animais receberam exames, microchip de identificação, colar para monitoramento remoto e tiveram
seus materiais biológicos coletados.

A atual campanha segue até dia 29. Os moradores que avistarem uma anta nas ruas da Capital podem entrar em contato pelas redes sociais do @incab.brasil ou pelo (67) 99189-7817.

Saiba Mais