Mato Grosso do Sul registrou cinco mortes decorrentes da Covid-19, na última semana, de acordo com o boletim da SES-MS (Secretaria Estadual de Saúde). Entre as novas vítimas está uma bebê corumbaense de dois meses, que faleceu na última sexta-feira (22). Ela não tinha comorbidades relatadas. 

As outras quatro vítimas são idosas do interior do Estado, todos com mais de 80 anos de idade. Entre eles, estão um homem de Paranhos, município distante 426 km de Campo Grande, uma mulher três-lagoense, a 326 km de Campo Grande, um homem de Ivinhema, município a 289 km de Campo Grande, e outra vítima de Terenos, a 31 km da Capital. 

O boletim da SES-MS também aponta 108 casos confirmados para a doença, totalizando 23.320 testes positivos neste ano. Mato Grosso do Sul acumula 159 vítimas fatais em 2023. 

Na última semana, Dourados, a 229 km de Campo Grande, acumula 14 dos 108 casos confirmados entre 19 e 26 de setembro. Ivinhema vem em seguida no ranking, com 10, e Campo Grande e Bodoquena, a 265 km da Capital, ficam em terceiro lugar com 8 casos positivos cada um.

O Mapeamento Genômico indica que a variante Ômicron é a predominante no Estado, mas também há a circulação das variantes Delta e Gama. 

Vacinação

Os dados sobre a vacinação contra a Covid-19 apontam que 52,6% do público com mais de 35 anos está com a segunda dose de reforço em atraso. Além disso, 39,3% das crianças de 5 a 11 anos não receberam nenhuma dose da vacina. 

A vacina contra o Coronavírus segue disponível em dezenas de unidades de saúde em Campo Grande. Clique aqui e confira onde se imunizar.