Uma aquidauanense de três meses morreu por gripe, em , na última semana. Ela faleceu devido ao vírus da B, no dia 29 de agosto, e tinha como comorbidade doença cardiovascular crônica.

As informações constam no boletim da SES (Secretaria Estadual de Saúde), referente à 35ª semana epidemiológica. Desde o começo do ano são 63 mortes e 467 hospitalizações por gripe em Mato Grosso do Sul. 

A maioria dos óbitos foi decorrente do vírus Influenza A H1N1 (36), seguido pela Influenza B (24).

As crianças de um a nove anos representam 33,2% das hospitalizações. Menores de um ano foram 46 internações. 

O boletim mostra que quanto maior a faixa etária, maior é a taxa de óbitos. As pessoas com mais de 80 anos representam 17,5% das vítimas, seguido por 70 a 79 anos com 15,9%.