O temporal que atingiu Campo Grande com forte chuva e rajadas de vento que chegaram a 80 km/h, conforme estimativa do Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima de Mato Grosso do Sul), derrubou parte do muro do cemitério Santo Amaro. Vale ressaltar que o Dia de Finados será daqui a duas semanas, em 2 de novembro.

A parte do muro que desabou fica na lateral do cemitério, na Rua Fernando de Noronha.

Conforme a Sisep (Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos), equipes foram encaminhadas ao local para avaliar os estragos. “Diante da dimensão dos estragos, a reconstrução só deverá ser concluída após o Dia dos Finados. No período em que a obra estiver sendo executada, serão colocados tapumes nesses locais onde houve o desabamento”, informa a nota.

Chuva deixa rastro de destruição em Campo Grande

Temporal deixou rastro de destruição principalmente na região do Bairro Santo Amaro – região oeste -, em Campo Grande.

Árvores de grande porte caíram, postes e até telhados foram levados com a força do vento.

Na avenida Duque de Caxias, com a rua Itatiaia, um poste caiu com a força dos ventos e toda a região está sem energia. Próximo dali, uma árvore tombou em cima do muro da Base Aérea de Campo Grande, telhas voaram e galhos o telhado de uma escola desabou.

Telhado de escola cai com a chuva

No bairro Coophatrabalho, o temporal assustou alunos e funcionários da Escola Municipal Hilda De Souza Ferreira. O telhado do corredor da escola desabou com a força dos ventos e da chuva.

Nas imagens é possível ver o estrago deixado pelo telhado caído e a chuva que invadiu o pátio da escola. Alunos ficaram assustados e não há informações se foram dispensados das aulas.

Na avenida Manoel Ferreira, uma palmeira caiu, trancando parte da rua. Funcionários da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora confirmam que a igreja e a região estão sem energia.

Árvore de grande porte caída

Ainda na região do bairro Santo Amaro, uma árvore de grande porte foi arrancada e caiu com as raízes. Leitor do Jornal Midiamax enviou fotos da árvore caída na rua Jasmelinda Ferreira de Carvalho. A rua está totalmente interditada, mas não há informações de estragos.

Tem alguma denúncia, flagrante, reclamação ou sugestão de pauta para o Jornal Midiamax? Envie direto para nossos jornalistas pelo WhatsApp (67) 99207-4330. Acima de tudo, com sigilo garantido por lei.

Acompanhe nossas atualizações no Facebook, Instagram e Tiktok.

*Editada às 16h27 para acréscimo de nota da Sisep