No início da tarde desta terça-feira (16), Claudia Almeida comemorava a construção de um muro em seu terreno quando começou o temporal. Os chegaram a 57 km por hora e em poucos minutos derrubaram a obra recém-pronta da empresária.

Ela mora no Campo Nobre, região sul de Campo Grande, e estima prejuízo de R$ 850 incluindo mão de obra e material para reconstruir o muro do seu terreno. “Os tijolos quebraram todos. Interessante por que nunca teve uma tempestade nessa época do mês de agosto”, conta.

Ela também registrou parte de um muro no entorno de um campo de futebol que caiu na avenida Campo Nobre, devido a velocidade dos ventos nesta tarde.

De acordo com o meteorologista Natálio Abrão da estação da Uniderp, a velocidade do vento chegou a 57,38km/h com rajadas de 85,19km/h. Também houve tempestade de poeira na tarde desta terça-feira.