Trabalhadores do setor de materiais de construção terão reajuste de mais de 11% em Campo Grande

Piso dos comerciários de materiais de construção terá aumento e as demais cláusulas anteriores foram mantidas
| 28/04/2022
- 15:43
Trabalhadores do setor de materiais de construção terão reajuste de mais de 11% em Campo Grande
Trabalhadores do setor de materiais de construção terão aumento (Foto: Henrique Arakaki/Jornal Midiamax)

Os trabalhadores do de materiais de construção de Campo Grande terão salarial de 11,72% em suas remunerações, a partir de 1º de maio deste ano. Cerca de 10 mil funcionários vão ser impactados com o aumento.

Segundo o SecCG (Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande), esse valor representa 10% a mais do que o percentual dado ao salário mínimo.

O acerto foi feito após negociação da classe patronal com o Sindiconstru (Sindicato do Comércio Varejista de Materiais de Construção de Campo Grande), mediada pelo SecCG.

“Houve um ganho real aos trabalhadores, com essa negociação que fizemos”, informa Carlos Sérgio dos Santos, presidente do SecCG.

Acordo no setor

As duas categorias fecharam esse acordo na quarta-feira (27) e o benefício é para cerca de 10 mil trabalhadores que atuam nessa área na Capital.

Com isso, o piso da categoria passa para R$ 1.455. Também foram mantidas todas as demais cláusulas da última Convenção Coletiva de Trabalho, como indenização de trabalho aos feriados correspondente a 7% sobre o piso salarial, ou seja, R$ 101,80.

O acordo foi assinado pelo presidente do SecCG, Carlos Sérgio dos Santos, e pelo presidente do  Sindiconstru, Diego Canzi Dalastra.

Setor de construção gerou empregos

Os números do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) de fevereiro apontam para um saldo positivo 7.316 oportunidades com carteira assinada em fevereiro em Mato Grosso do Sul. O número praticamente dobrou em relação a janeiro.

O setor que mais contratou no Estado foi o de Serviços, com 3.305 vagas – e quase metade de todas as novas vagas geradas. Fora o setor de serviços, a Construção Civil também teve incremento considerável em fevereiro, com 934 novas vagas.

Veja também

Confronto entre moradores da Guapoy, em Amambai e policiais militares completa sete dias

Últimas notícias