'Barraco' em condomínio acaba com três na delegacia em Campo Grande

Grupo agrediu casal que reclamou de bagunça em condomínio, moradores interviram e briga foi generalizada
| 15/04/2022
- 11:01
'Barraco' em condomínio acaba com três na delegacia em Campo Grande
Briga generalizada condomínio. (Foto: Stephanie Dias/Midiamax)

A síndica de um condomínio, e o marido, um idoso de 65 anos, foram agredidos por jovens durante uma confusão, na manhã desta sexta-feira (15), no bairro São Jorge da Lagoa, em Campo Grande. As vítimas pediram para o grupo abaixar o volume do som e parar o consumo de drogas. Outros moradores interviram na agressão e caso se tornou uma briga generalizada no local.

Segundo moradores, o condomínio tem cerca de um ano e três meses, entretanto, não há um bom convívio com jovens, especificamente, de dois apartamentos. Eles relatam que constantemente há ‘baderna’ entre eles, com consumo de drogas em frente a crianças. Há suspeita de tráfico de drogas dentro do local, além de furtos, o que tem gerado insegurança na moradia.

Seis viaturas da estiveram no local, três dos jovens foram presos e as vítimas levadas para registrar o boletim de ocorrência. Ainda segundo os vizinhos, a síndica teria sido agredida ao pedir para que o grupo amenizasse a bagunça, mas eles não gostaram e iniciaram as agressões. O rosto dela ficou ferido pelos socos. Já o marido tentou ajudar e também foi agredido, o nariz foi cortado durante a briga.

Há cerca de 160 apartamentos no local, mas apenas duas famílias seriam responsáveis pela desordem. “Outros foram embora porque não aguentaram, tiveram condições de sair daqui”, disse um morador. A de um dos envolvidos se exaltou com os moradores que denunciavam a situação durante a reclamação.

Veja também

Prefeitura de Campo Grande inicia novo trecho de obras na Rua Sete de Setembro, nesta...

Últimas notícias