Saúde de MS desativa drives e barreiras sanitárias após queda de 80% na busca por testes

Segundo a SES, eram disponibilizadas 1,3 mil vagas diariamente, mas apenas 21% delas estavam sendo preenchidas
| 04/03/2022
- 16:05
A Secretaria destaca que janeiro teve uma alta na procura por testes devido as festas de final de ano
A Secretaria destaca que janeiro teve uma alta na procura por testes devido as festas de final de ano, mas o número já caiu significativamente. - Foto: Saul Schramm

Com a queda de 80% na busca por testes de covid-19, a SES (Secretaria de Estado de Saúde) e a (Secretaria Municipal de Saúde), desativaram os drives que realizavam os testes de Covid-19, bem como as barreiras sanitárias, não só em Campo Grande como algumas cidades do Estado. 

Segundo o assessor militar da SES, coronel Marcello Fraiha, os drives da Cassems/Corpo de Bombeiros foram desativados no último dia 28 de fevereiro. Ele explica que, das 1,3 mil vagas disponibilizadas diariamente, muito menos da metade estavam sendo preenchidas.

“É uma queda extremamente considerável. Em poucas horas 100% das vagas disponibilizadas eram preenchidas, mas, no penúltimo dia de testagem, por exemplo, apenas 21% delas foram preenchidas”, disse Fraiha.

De acordo com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), houve também no município a percepção da grande abstenção das população nos drives, principalmente porque os testes eram agendados. A Secretaria comentou que, pelo fato dos testes nas unidades de saúde serem de demanda espontânea, eles continuam sendo ofertados em cerca de 50 locais na capital sul-mato-grossense. Em janeiro, houve muita procura por testes devido às festas de final de ano, mas, o número já caiu significativamente.

O Secretário também destacou a queda da procura ao Jornal Midiamax. Neste período do pico, no entanto, ele ressaltou que não faltaram testes e que "a onda de crescimento" da doença é sazonal. "Do final de fevereiro ao início de março tivemos um aumento substancial, de 80%, na procura, Aqui, de janeiro para fevereiro, foram de 42 mil para 78 mil casos de covid-19, um aumento de 82%. O número de óbitos subiu de 170 para mais de 400, um aumento de 122% de janeiro para fevereiro. Agora, esta onda já está diminuindo, fruto da Ômicron que já foi responsável por 100% dos casos e a busca pelas doses de reforço", avaliou. 

Drive-thrus ofereceram 50,6 mil vagas para testes 

A SES divulgou, no último dia 1°, um balanço dos drive-thrus de testagens realizadas em Campo Grande, Dourados e Três Lagoas. O serviço de testagem nos drive-thrus foi encerrado na segunda-feira (28) e ofertou 50.634 vagas para população sul-mato-grossense, entre os dias 15 de janeiro a 28 de fevereiro de 2022. Deste total, 44.612 foram agendadas e 6.022 vagas não foram preenchidas.

Conforme levantamento da SES, dos 44.612 testes agendados, 37.223 foram realizados — sendo 12.280 positivos para a Covid-19 —, correspondendo a 32,98% de índice de positividade. Já os outros 6.179 testes não foram realizados porque não houve o comparecimento de pacientes.

O drive-thru com maior volume de atendimento foi o de parceria com a Cassems, com 28.217 testes rápidos de antígeno realizados. Em seguida, fica Dourados também no ponto de parceria com a Cassems, com 11.551 testes realizados. O drive-thru de Três Lagoas em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar e a Secretaria Municipal de Saúde realizou 4.844 testes neste período.

Veja também

Indígenas relatam tensão para seguir tradição de sepultamento

Últimas notícias