Procura por documentos para viver fora do país salta em 27% no Mato Grosso do Sul

Número de documentos certificados para uso no exterior atingiu a marca de 7.362 validações
| 02/06/2022
- 18:30
Procura por documentos para viver fora do país salta em 27% no Mato Grosso do Sul
Imagem ilustrativa - (Foto: Henrique Arakaki/Jornal Midiamax)

Viver no exterior é um sonho de muitos. Com a queda na economia, a busca por novas oportunidades no estrangeiro aumenta em todo o , incluindo . O Estado registrou crescimento de 27% na procura por documentos para viver no exterior nos primeiros cinco meses de 2022.

Dados do sistema e-Apostil, plataforma administrada pelo CNB/CF (Colégio Notarial do Brasil – Conselho Federal), entidade que reúne os Cartórios de Notas de todo o país, indicam que o número de documentos certificados para uso no exterior atingiu a marca de 7.362 validações em Mato Grosso do Sul nos primeiros cinco meses do ano, superando em mais de 1,6 mil o número verificado em 2021, que totalizou 5.790 apostilamentos.

Segundo a Anoreg-MS (Associação dos Notários e Registradores), vale destacar o aumento registrado em fevereiro, superior aos 49%. Crescimento similar já havia sido verificado no segundo semestre de 2021, que registrou um aumento de quase 94% nas validações de documentos nos meses de junho a dezembro em comparação com o mesmo período de 2020 (5.018 x 9.732).

Buscando agilizar o processo para viver no exterior ou buscar segunda cidadania, nesta sexta-feira (3) será lançado o serviço de Apostilamento Eletrônico, que permitirá que cidadãos recebam de forma online certidões, diplomas escolares e documentos públicos nacionais validados para uso nem qualquer um dos 120 países signatários da Convenção da Apostila da Haia.

Com o lançamento do Apostilamento Eletrônico, o cidadão que enviar um documento para ser certificado em qualquer Cartório do Brasil poderá solicitar seu recebimento também de forma online, por e-mail ou pelo celular, onde constará um QR Code para ser feita a verificação de autenticidade pela autoridade estrangeira.

Veja também

Consórcio Guaicurus também pleiteia aumento no repasse mensal feito pela prefeitura

Últimas notícias