Pais e responsáveis de alunos da REME (Rede Municipal de Ensino) de já podem fazer a rematrícula para o ano letivo de 2023. O período aberto pela (Secretaria Municipal de Educação) irá até o dia 23 de dezembro, sexta-feira da próxima semana. A rematrícula deve ser feita diretamente nas unidades de ensino em que as já estão estudando.

De acordo com a secretária de Educação, Ana Paula Benitez Fernandes, a rematrícula só vale para os alunos que vão continuar na mesma escola no ano que vem. “No caso de alunos que precisem trocar de escola por qualquer motivo, desde mudança dos pais ou que vão para nova série que não é ofertada na escola atual, deve ser feita uma nova matrícula, mas essas serão abertas no dia 4 de janeiro do ano que vem e iremos divulgar as orientações”, explica.

Para fazer a rematrícula, pais e responsáveis devem comparecer nas secretarias das respectivas escolas dos filhos e levar os seguintes documentos:

  1. Cópia da certidão de nascimento, acompanhada do original;
  2. Cópia da carteira de vacinação atualizada das crianças de zero a cinco anos;
  3. Cartão do SUS da criança;
  4. Cópia de comprovante de trabalho do pai, da ou responsável legalmente constituído, ou do trabalho laboral;
  5. Cópia do CPF ou do RG da mãe ou responsável legalmente constituído;
  6. Cópia do comprovante de residência;
  7. Cópia do Termo de Guarda ou Adoção, quando for o caso;
  8. Número de inscrição de benefícios sociais, como Auxílio Brasil, caso recebam;
  9. Cópia do CPF da criança;
  10. Cópia do comprovante de doador de sangue nos dois últimos anos, o mínimo uma vez a cada seis meses, assegurando quatro doações neste período, segundo Lei Municipal 2865/2006.