Incidentes envolvendo descuido de passageiros de carros de aplicativos são comuns em Campo Grande. Quem nunca ouviu relatos ou até mesmo viveu situação em que sujou o carro e saiu de fininho para não passar por saia justa com o motorista? Pois é, mas saiba que situações assim podem pesar no bolso do passageiro ou até ir parar na delegacia.

No fim de semana, situação inusitada terminou em caso de polícia. Um passageiro que dizia sofrer de incontinência urinária fez xixi em um carro de aplicativo, o motorista se enfureceu com a situação e ‘partiu pra cima’ do passageiro com o carro. O homem foi atropelado e procurou a polícia para registrar o caso como ameaça e lesão corporal dolosa.

Tudo aconteceu no sábado (13), no bairro Marcos Roberto, e será investigado pela Polícia Civil.

Mas nem todo caso envolvendo sujeira nos carros, seja por descuido ou problema de saúde do passageiro, vai parar na delegacia ou termina em discussão. Isso porque na Uber, por exemplo, taxa de limpeza pode ser solicitada pelo motorista para custear a manutenção do carro.

Tudo é feito pelo aplicativo e, assim, não há conflito entre as partes. Mas a conta chega para o passageiro.

Sujou o carro? Taxa de limpeza pode custar até R$ 350

De acordo com as regras da Uber, a taxa existe para custear o valor gasto com a limpeza do carro caso o incidente impeça que o motorista aceite novas viagens. Com isso, o prejuízo causado pelo tempo de inatividade é amenizado com a taxa extra.

O valor da taxa cobrada do passageiro após a corrida depende do nível de gravidade da sujeira. A empresa de carona determina quatro valores:

  • R$ 50 – valor cobrado quando há pequenos danos no interior ou exterior do veículo (derramamento de bebida ou comida, sujeira, etc.).
  • R$ 80 – valor cobrado quando há danos moderados à parte interna ou externa do veículo (derramamentos de bebidas ou alimentos no veículo, etc.).
  • R$ 200 – valor cobrado quando há danos de moderados a graves no veículo (derramamentos maiores de bebidas ou alimentos sobre tecido ou outras superfícies de difícil limpeza).
  • R$ 350 – Danos graves envolvendo fluidos corporais no interior do veículo (urina ou vômito, por exemplo).

Sou motorista, como solicitar a taxa de limpeza?

No caso da Uber, solicitar a taxa de limpeza é simples. O motorista precisa ir até a opção de Ajuda no menu do aplicativo, depois clicar em Dúvidas sobre usuário e o estabelecimento, na sequência selecionar Problemas com um usuário, depois clicar em Um usuário sujou meu veículo.

Depois disso, o motorista precisa selecionar em qual viagem ocorreu o incidente, a partir daí, a plataforma fará algumas perguntas que precisam ser respondidas e outras provas, como foto da sujeira no carro e também a nota fiscal que comprove o gasto com a lavagem no veículo.

A plataforma reforça que o pedido de reembolso da taxa deve ser feito em até 5 dias após a viagem.

Sou passageiro e não concordo com a taxa, o que eu faço?

Se você é passageiro, foi cobrado e não concorda com o valor, no caso da Uber, há uma forma de discordar do valor cobrado e fazer com que a plataforma faça o intermédio do impasse.

Para discordar do valor, o passo a passo é o seguinte. No menu do app vá até à opção Ajuda, depois selecione Problemas com uma viagem específica e reembolsos; depois vá em Revisão de valores ou taxas, na sequência selecione Foi cobrada uma taxa de limpeza.

A partir daí, você precisará explicar o motivo de discordar da cobrança da taxa. A empresa analisará a situação e dará um retorno ao passageiro.