Núcleo operacional da GCM no Indubrasil irá atender toda a região do Imbirussu

Base foi inaugurada nesta sexta-feira
| 08/04/2022
- 12:44
Núcleo operacional da GCM no Indubrasil irá atender toda a região do Imbirussu
Base da GCM no Indubrasil (Foto: Nathalia Alcântara / Jornal Midiamax)

A (Prefeitura Municipal de Campo Grande) inaugurou o núcleo operacional da GCM (Guarda Civil Metropolitana) no Indubrasil, que fica afastado 15 quilômetros do Centro da Capital.

O núcleo irá atender toda a Região do Imbirussu, que conta com cerca de 99 mil habitantes. Diretamente irá atender os bairros Jardim Inápolis, Novo Indubrasil, Sarandy, Morada Imperial, Tuiuiú, Entroncamento I E II e nos bairros adjacentes Vila Romana, Vila Bordon, Santa Mônica, Jardim Carioca, Nova Campo Grande e Vila Popular que contam com cerca de 7 mil moradores. Também beneficiará a população do Polo Industrial e das Comunidades Indígenas situadas na região.

A Região Imbirussu e seu entorno possui 57 prédios próprios públicos, sendo 28 unidades escolares, 15 unidades de saúde e 14 unidades (CRAS, CCZ, Reserva ecológica, Museu e Parques), abrangendo ainda a EMEI e UBS Indubrasil; Escola Estadual Professor Ulisses Serra, Escola Municipal Frederico Soares e Fauzi Scaff, Praça e EMEI Carioca.

A Secretaria Especial de e Defesa Social do município adota a política de descentralização das unidades operacionais nas 7 regiões de Campo Grande, priorizando os bairros mais afastados, primando pela eficiência e economicidade em recursos humanos e logísticos da Guarda Civil Metropolitana.

As ações adotadas levaram Campo Grande a ser eleita, entre as cidades de grande porte, com mais de 500 mil moradores, como a mais segura do Brasil, seguida por São Bernardo do Campo e Belo Horizonte.

O Ranking Connected Smart Cities, elaborado com base em dados de 677 cidades, leva em consideração o número de homicídios, morte no trânsito, despesa com segurança, agentes por habitantes, monitoramento de riscos e centro de controle e operações.

Redução na criminalidade

Liderança do Jardim Inápolis, bairro que compõe o Núcleo Industrial, Mauro Correa de Carvalho diz que a instalação da base é importantíssima e veio transformar a região. “Estávamos sofrendo com muitos furtos, e desde a instalação da base, já conseguimos ver redução na criminalidade. A Guarda Civil Metropolitana está sempre nos pontos mais críticos da nossa região levando mais segurança. Era isso que precisávamos”, afirma.

A prefeita Adriane Lopes lembra que a base faz parte do plano estratégico da Prefeitura de Campo Grande e é mais uma reivindicação antiga da população sendo atendida. “Essa base vai atender diretamente mais de 7 mil pessoas dos bairros próximos, trazendo segurança e tranquilidade para todos, porque este é o nosso compromisso, ouvir as pessoas e atender as necessidades dos cidadãos”, diz.

O secretário Especial de Segurança e Defesa Social, Valério Azambuja, explica que a Região do Imbirussu tem uma gerência que fica a cerca de 8 km, então esse núcleo operacional vem fortalecer a segurança. “Atende reivindicação dos moradores com um posto permanente, atendendo 24 horas, com 2 viaturas 4 rodas e efetivo de 10 guardas, promovendo rondas preventivas, blitz educativas e atendimento presencial da população que reside na região”, diz.

Veja também

Em Campo Grande, o contingente de pessoas com renda abaixo de R$ 497 mensais aumentou 3,4% em um ano

Últimas notícias