Cotidiano

Governo do Estado participa de reunião sobre transporte público em Campo Grande

O secretário estadual de Governo, Eduardo Rocha e o diretor-presidente da Agems, Carlos Alberto Assis estiveram presentes na reunião

Diego Alves Publicado em 10/01/2022, às 22h07

(Foto: Leonardo de França/Midiamax)
(Foto: Leonardo de França/Midiamax)

A Agems (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul) participou da reunião sobre a tarifa do transporte público em Campo Grande nesta segunda-feira (10). A prefeitura da Capital fez o convite para que o Governo do Estado também participe da discussão. 
O secretário estadual de Governo, Eduardo Rocha e o diretor-presidente da Agems, Carlos Alberto Assis estiveram presentes na reunião na sede da administração municipal, com a participação de diferentes entidades e poderes.

De acordo com o governo, o objetivo é o de evitar a greve dos trabalhadores do transporte coletivo, marcada para próxima sexta-feira (14). A Prefeitura de Campo Grande apresentou algumas reinvindicações ao Governo do Estado e o secretário Eduardo Rocha vai levar estes pedidos para avaliação do governador Reinaldo Azambuja.

Eduardo Rocha destacou durante a reunião que o Estado já conta com o menor ICMS do diesel do Brasil (12%) e ainda manteve congelado o preço médio do combustível desde abril do ano passado, para composição do ICMS, abrindo mão de uma receita de R$ 150 milhões no ano.

“Trata-se de uma questão do transporte público municipal, da prefeitura de Campo Grande, em que fomos convidados e viemos aqui ouvir as reivindicações. Deve se destacar que já temos o menor ICMS (diesel) do País. O Governo do Estado também tem sido parceiro da Capital em inúmeras obras e o que for possível contribuir, o que for da nossa alçada vai colaborar”.

A reunião foi conduzida pelo secretário municipal de Governo, Antônio Lacerda, tendo ainda a  participação de representantes de entidades como MPT (Ministério Público do Trabalho), MPE (Ministério Público Estadual), Câmara Municipal, Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Público e Consórcio Guaicurus.

Jornal Midiamax