Enfermeiros não aparecem em posto e pacientes esperam por horas para atendimento no Aero Rancho

Indicativo de greve dos enfermeiros foi retirado ontem após assembleia
| 31/03/2022
- 16:16
plantão médico
CRS do Aero Rancho (Foto: Leonardo de França/ Jornal Midiamax)

O atendimento no CRS (Centro Regional de ) do Aero Rancho foi afetado, nesta quinta-feira (31), pela falta de alguns enfermeiros que atuam na unidade. Em alguns locais, informativo de greve foi colocado.

Conforme apurado pelo Jornal Midiamax, uma funcionária do local, que preferiu não ser identificada, disse que as ausências deixaram o atendimento mais lento no local, como a triagem e o atendimento na farmácia.

A jovem Caroline Freitas, de 23 anos, esperou por cerca de 3h para ser atendida e percebeu uma lotação anormal na unidade. “Não deram nenhuma explicação para essa demora”, disse ela à reportagem.

Paciente de 50 anos, que também não se identificou, disse que chegou antes de 12h e até às 15h não havia sido atendido. O horário padrão de atendimento para casos que não são graves é de até 4h.

“É um pouco cheio assim mesmo das outras vezes que eu vim”, avaliou sobre a lotação. O indicativo de greve do Sinte-PMCG (Sindicato dos Trabalhadores Públicos em Enfermagem da Capital) caiu após assembleia na quarta-feira (30).

Conforme o presidente do sindicato, Ângelo Macedo, este pode ser um caso isolado, já que não estava sabendo sobre o assunto.

O Jornal Midiamax, na manhã desta quinta, chegou a noticiar que outros locais também estavam com atendimentos prejudicados, como a UBS (Unidade Básica de Saúde) das Moreninhas.

A prefeitura também foi questionada sobre o assunto e alegou que a informação não procede. "Todos os pacientes estão sendo atendidos dentro do protocolar, de acordo com a classificação de risco de cada caso. A unidade conta com dois enfermeiros e três médicos. A farmácia também está funcionando normalmente", diz a nota.

Greve dos enfermeiros

A enfermagem de Campo Grande aceitou a proposta de regulamentação do auxílio alimentação de R$ 494 para os técnicos de enfermagem e R$ 200 reais para os enfermeiros das unidades de saúde de após assembleia e isso encerrou o indicativo de greve.

Veja também

Para as próximas duas semanas, não há previsão de chuva ou de frio para MS

Últimas notícias