É idoso e vai viajar? Confira como emitir a carteirinha do Passe Livre de MS pelo celular

Acesso ao Passe Livre Intermunicipal pode ser feito e deixar salvo no aplicativo para facilitar apresentação
| 06/06/2022
- 09:16
Passe livre idoso
Beneficiários podem acessar pelo aplicativo MS Digital - (Foto: Chico Ribeiro/Divulgação)

Mesmo não tendo, neste ano, o tão esperado feriadão de Santo Antônio, muitos devem aproveitar o fim de semana para viajar por Mato Grosso do Sul. Idosos e pessoas com deficiência têm direito ao Passe Livre Intermunicipal garantido por lei. O benefício pode ser emitido pelo celular, com o documento na versão digital.

Segundo a Coordenadoria de Social Básica da Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho), responsável pelo benefício que atualmente é liberado para 140.571 idosos e 10.648 pessoas com deficiência, totalizando 151.427 pessoas atendidas no Estado. Todas essas pessoas possuem a carteirinha e estão aptas para utilizar o benefício.

Como emitir o documento?

Os moradores que se encaixam nos critérios para obter o benefício devem baixar o aplicativo chamado MS Digital, disponível nas plataformas de iOS e Android. Após o cadastro, o passageiro pode clicar no ícone “Assistência Social”, aba onde está disponível a opção “Passe Livre Intermunicipal”.

No primeiro acesso, o beneficiário insere o CPF e data de nascimento, e pode ainda, selecionar a opção: salvar informações, para que nos acessos futuros não haja necessidade de inserir novamente os dados pessoais.

Passe livre
(Foto: Reprodução/Governo do Estado)

Vale lembrar que a versão digital não desvalida o documento impresso, ambos continuam válidos, e fica à critério do beneficiário qual versão quer apresentar na hora de embarcar. O morador que preferir o documentos em mãos pode retirá-lo no Cras (Centro de Referência de Assistência Social), próximo à residência.

Para novos beneficiários é preciso procurar um Cras levando RG, CPF, comprovantes de renda e residência, no caso do idoso. Para a pessoa com deficiência, além dos documentos citados acima é requerido os documentos dos responsáveis em caso de ser menor de idade, exame de audiometria quando o requerente for auditivo e atestado de avaliação médica da equipe multiprofissional do SUS (Sistema Único de Saúde).

Para pessoas idosas estão reservados dois assentos em ônibus e um assento em micro-ônibus com 100% de desconto. Para pessoas com deficiência estão reservados dois assentos em ônibus e um assento em micro-ônibus com 100% de desconto. Para os idosos, quando as duas gratuidades de 100% já estiverem sendo utilizadas em determinada viagem, os portadores da carteira de gratuidade podem obter o desconto de 50% sobre o valor da passagem, limitado a duas passagens por ônibus, ou um assento em micro-ônibus.

No site www.msdigital.ms.gov.br as empresas poderão validar as informações de modo a conferir a veracidade da carteirinha, caso seja necessário.

Veja também

Três unidades de saúde da Capital estarão imunizando das 7h30 às 17h, sem intervalo para o almoço

Últimas notícias