Deputados analisam projeto para instituir 9 de julho como dia da Revolução Constitucionalista

Sessão é remota e transmitida pelos canais da Assembleia Legislativa
| 08/03/2022
- 11:17
Doação de área
Sessão dos deputados de MS é remota - Reprodução, Arquivo

Os deputados de Mato Grosso do Sul têm em pauta na sessão remota desta terça-feira (8), em segunda discussão, para comemoração  à Revolução Constitucionalista de 1932. Além disso, há mais três propostas para hoje.

A proposta de (PP) institui o 9 de julho como o dia estadual em comemoração à Revolução Constitucionalista de 1932. De acordo com o projeto, anualmente, nesta data, serão reverenciados “os feitos dos sul-mato-grossenses que foram às armas para defesa de uma nova Constituição e bradaram pelo novo território do Estado de Maracaju”.

Também está na pauta para segunda votação, o projeto de Antonio Vaz (Republicanos), que institui o Dia Estadual do Obreiro Evangélico, a ser comemorado, anualmente, no terceiro domingo do mês de agosto.

Ainda em segunda discussão, deve ser votado o Projeto de Lei 322/2021, que cria o Dia Estadual do Síndico. De autoria da deputada Mara Caseira (PSDB), a proposta estabelece que a comemoração será, todos os anos, no dia 30 de novembro.

Os parlamentares também devem votar, em discussão única, o Projeto de Lei 12/2022, de autoria do deputado Paulo Duarte (MDB). A proposta denomina Sr. Alvorindo Ravagnani Júnior a ponte sobre o córrego Prosa, localizada no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande. Ravagnani, que se destacou no Estado como engenheiro civil, faleceu aos 74 anos em 13 de fevereiro de 2021, em decorrência da Covid-19.

A sessão é transmitida ao vivo pelo Canal 9 da Claro Net TV, TV ALEMS, YouTube, Facebook, Rádio ALEMS e aplicativo Assembleia MS (Android/iOS). 

Com assessoria

Veja também

Últimas notícias