Cotidiano

Com salários atrasados, funcionários da Santa Casa vão discutir indicativo de greve nesta terça

Responsável por repasse de recurso federal, Prefeitura diz que já teve verba creditada em conta

Mariane Chianezi Publicado em 10/01/2022, às 16h06

None
De arquivo, Midiamax

Com os salários atrasados, os funcionários da Santa Casa vão se reunir em assembleia nesta terça-feira (11) para discutir indicativo de greve caso os pagamentos não sejam feitos. Depósitos ainda não foram feitos, pois, repasse do Governo Federal ainda não foi concluído, mas segundo a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), valor já foi creditado nas contas do Município e deve ser repassado até esta terça.

Segundo o Siems (Sindicato dos Trabalhadores na Área de Enfermagem de Mato Grosso do Sul), a assembleia deve ser realizada a partir das 7h desta terça-feira. Por outro lado, a Santa Casa disse em nota que não foi comunicada oficialmente sobre qualquer nenhuma ação, 'mas que todos eles já haviam sido notificados sobre a situação desde a última sexta-feira (7)'.

"A Santa Casa de Campo Grande também informa que aguarda o repasse do Poder Público, por meio do Fundo Nacional de Saúde (FNS), que está em atraso em vários estados do país. Reiteramos que todas as questões internas para o processamento da folha das categorias estão prontas, pendente apenas da liberação do recurso. Nosso contrato é com o município, mas estamos aguardando verba do fundo nacional de saúde", disse à reportagem. 

A Sesau informou que o repasse do FNS foi creditado nesta segunda-feira (10) e que deve ser encaminhado às contas da Associação Beneficente Santa Casa de Campo Grande, mantenedora do hospital, na terça-feira (11). Por meio da assessoria de imprensa, a secretaria explicou que o repasse não é encaminhado imediatamente para o hospital, pois existem 'trâmites burocráticos' antes do depósito. 

Jornal Midiamax