A manifestação em frente ao CMO (Comando Militar do Oeste) entra no 21° dia em Campo Grande. Por volta das 8h deste domingo (20), o número de pessoas no ato é menor e sem grande concentração.

No local, os manifestantes contrários ao resultado das eleições presidenciais, que teve segundo turno no dia 2 de outubro, estampam cartazes com pedidos de intervenção. O acampamento segue no local com barracas e banheiros químicos.

Desde sexta-feira (18), cones e cavaletes estão instalados próximo ao canteiro central para evitar estacionado sobre o gramado. Em uma das faixas da Avenida Duque de Caixas estão estacionados carros de passeios, carretas e caminhonetes.

Pelo menos por volta das 8h, não havia equipes da PM ou da Agetran monitorando. O trânsito segue normalmente, sem intervenções.