Com dose reforço liberada, vacina da Janssen tem 38% de abstenções da D2 em MS

91 mil pessoas ainda procuraram as unidades de saúde para aplicação da dose reforço da vacina
| 07/07/2022
- 14:50
Com dose reforço liberada, vacina da Janssen tem 38% de abstenções da D2 em MS
Pessoas de 18 a 39 devem buscar o 2º reforço quatro meses após o 1º. Foto: Breno Esaki/Agência Saúde DF

Mato Grosso do Sul tem tido um avanço vacinal no último ano e, até nesta quinta-feira (7), 77% dos moradores totalmente imunizados com dose 1 e 2 no estado. No entanto, aqueles que tomaram a vacina da , imunizante de dose única, somam uma abstenção de 38,5% na dose de reforço.

Em todo Estado, 243 mil pessoas receberam a 1ª dose do imunizante, mas até o momento apenas 61% da população tomaram a dose de reforço. Logo, 91 mil pessoas não procuraram as unidades de saúde para aplicação da dose de reforço da Janssen, o que corresponde a 38%.

No mês de junho foi liberada pelo liberou a aplicação da dose reforço contra a Covid para aqueles que foram vacinados com a Janssen. Em Mato Grosso do Sul, pessoas com mais de 18 anos já podem receber o 2º reforço (terceira dose), e aqueles com 40 ou mais, o 3º (quarta dose). O 2º reforço, ou terceira dose - foi aplicada em 7,6 mil pessoas até o momento.

Dose reforço

Os moradores que têm de 18 a 39 devem buscar o 2º reforço quatro meses após o 1º reforço (2ª dose). E os sul-mato-grossenses com 40 anos ou mais podem procurar o 3º complemento quatro meses depois do 2º.

Anteriormente, o Ministério da Saúde recomendava o 2º reforço apenas para pessoas com 50 anos ou mais. Aqueles entre 18 e 49 anos estavam aptos apenas para o 1º reforço, após dois meses da aplicação da dose única. 

No caso da vacinação de reforço para pessoas que receberam a dose única, a pasta recomenda uso de imunizantes Pfizer, AstraZeneca e Janssen.

Veja também

A orientação é para que os condutores e pedestres tenham atenção redobrada

Últimas notícias