Com a cesta básica cada dia mais cara, entidades veem doações caírem em até 90%

População está gastando mais para fazer as compras e não consegue ser solidário
| 06/06/2022
- 10:35
Com a cesta básica cada dia mais cara, entidades veem doações caírem em até 90%
Entrega de doações feita pela Cufa Campo Grande - Foto: Divulgação/ Cufa Campo Grande

Com a cesta básica cada dia mais cara no Brasil, as entidades e projetos sociais estão vendo as doações feitas pela população caírem significativamente nos últimos meses, já que a população gasta cada dia mais para colocar comida na mesa de casa. Umas das entidades que sentiu a queda foi a Cufa Campo Grande (Central Única das Favelas - Campo Grande). A organização aponta queda de 90% no volume das doações. 

A coordenadora da Cufa Campo Grande, Leticia Polidorio, conta ao Jornal Midiamax que, nesta segunda-feira (6), amanheceu com oito pedidos de ajuda para a entidade, porém não terá como atender todos. A entidade possui apenas pacotes de e macarrão que foram doados. 

“As doações estão diminuindo. Temos uma queda de até 90% nas doações. Nossos doadores não estão conseguindo mais doar e o aumento da cesta básica é um dos motivos, pois com o gasto maior não conseguem manter as doações”, explica Letícia.  

Segundo a coordenadora, antes a Cufa Campo Grande mantinha uma ajuda fixa ao em situação de vulnerabilidade em 37 favelas da Capital. Agora, com as doações recebidas, é possível manter apenas a ajuda fixa a dois projetos desenvolvidos dentro da Cufa Campo Grande: um com gestantes e um de capoeira com crianças. 

Como doar: Segundo a coordenadora, qualquer ajuda é bem-vinda, seja valores por Pix que são revertidos em alimentos, alimentos e cestas básicas. Mais informações: (67) 99181-8142.

Outra entidade que percebeu a queda nas doações foi a Casa da Criança Peniel, que atende crianças e adolescentes vítimas de situações onde houve violações de direitos. De acordo com a coordenação, todas as doações são bem-vindas: Informações pelo número (67) 9142-6893.

Preço da cesta básica

Para se ter uma ideia de como os preços estão aumentando, em Campo Grande, o custo da cesta básica, em abril, foi de R$ 761,73, de acordo com a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). No mês anterior, o valor era de R$ 715,81 na Capital. Os dados mais recentes, devem ser divulgados ainda nesta semana.

Veja também

Diversas outras apostas conseguiram faturar prêmios menores

Últimas notícias