no Parque das Nações Indígenas, em , é inaugurado nesta segunda-feira (28), a partir das 9h, após 11 anos. Segmentos do turismo, educação, pesquisa e outros ganham um complexo com 19 mil m² de área construída e vive um marco em sua história nesta segunda.

A inauguração terá a presença do governador e do secretário de Estado de Infraestrutura, Eduardo Riedel. O Aquário do , rebatizado de Bioparque do Pantanal, abriga o maior aquário de água doce do mundo. Com a entrega, os benefícios vão além do fortalecimento do turismo de , tornando-se um centro de referências em pesquisas.

Segundo o governador, “é uma alegria poder entregar o Bioparque Pantanal, uma tão esperada pela nossa população. Hoje, Mato Grosso do Sul vive um momento que vai ficar para a história”, destacou.

Com aproximadamente 19 mil m² de área construída, o Aquário do Pantanal conta com 33 tanques, sendo 23 internos e oito externos, além de um tanque de abastecimento e outro de descarte de efluentes, totalizando um volume de cinco milhões de litros de água. 

O complexo ainda oferece um museu interativo, biblioteca, auditório com capacidade para 250 pessoas, sala de e laboratórios de pesquisa para estudantes, cientistas e pesquisadores. O calendário de visitação será apresentado no ato da inauguração.