Autoridades e moradores de PJC realizam passeata e pedem paz na região de fronteira

| 25/05/2022
- 22:41
Autoridades e moradores de PJC realizam passeata e pedem paz na região de fronteira
Governador de Amambay, Ronald Acevedo, acompanhado da mãe (Via WhatsApp)

Autoridades e de Pedro Juan Caballero realizaram, na noite desta quarta-feira (25), uma caminhada em manifesto contra a violência e execuções na cidade paraguaia que é vizinha a sul-mato-grossense, Ponta Porã, na fronteira entre e Paraguai. A passeata contou com a presença de Ronald Acevedo, governador do departamento (estado) de Amambay, que tem Pedro Juan como capital.

Ronald Acevedo perdeu a filha, Haylée Carolina Acevedo, de 21 anos, morta em um atentado a tiros em 9 de outubro de 2021, em Pedro Juan Caballero. José Carlos Acevedo, prefeito de Pedro Juan, e irmão de Ronald, também foi morto vítima de pistoleiros na cidade.

Duas pessoas também foram mortas a tiros, no mesmo dia em que José Carlos Acevedo sofreu o atentado. Segundo apurado até o momento, os crimes não possuem ligação. Além destes casos relatados, muitos outros assassinatos são noticiados há anos na fronteira, principalmente por causa do narcotráfico.

Autoridades e moradores tomaram as ruas da cidade, vestindo camisetas brancas ou pretas, carregando balões, velas, fotografias e faixas, exigindo segurança, justiça e paz. A marcha saiu do Paço Municipale e foi até o Templo Paroquial do Perpétuo Socorro.

O governador de Amambay, Ronald Acevedo, estava acompanhado da mãe, Teófila Quevedo de Acevedo, de seu sobrinho, o deputado nacional Juan Manuel Ayala Acevedo, além de outros parentes e amigos.

WhatsApp Image 2022 05 25 at 21.40.30 1 - Autoridades e moradores de PJC realizam passeata e pedem paz na região de fronteira
Manifestantes em marcha pedindo paz na cidade de Pedro Juan Caballero (Via WhatsApp)

Veja também

Trechos serão liberados entre terça e quarta

Últimas notícias