Um relatório elaborado pela do revela que cerca de 100 paraguaios que viajaram ao Brasil nas tiveram teste positivo para coronavírus. Segundo o documento, os números podem ser ainda maiores, já uma boa parte dos turistas ainda não fizeram os testes.

De acordo com a s autoridades sanitárias paraguaias, todos os dias, pelo menos 300 paraguaios cruzam a fronteira com o Brasil para passar férias em suas praias, em áreas consideradas de risco.

O diretor de Vigilância Sanitária, Guillermo Sequera, afirmou que as verificações foram feitas comparando os dados da Direção de Migração e do Ministério da Saúde e que, apesar de terem assinado uma declaração de que fariam o teste no retorno ao Paraguai, isso não aconteceu.

Guillermo não descarta punições para quem deixou de fazer os testes e que isso deve ser feito com base em parecer do Ministério da saúde. “Estamos levantando as denúncias para que medidas sejam tomadas”, disse ao ABC Color.

O diretor de Vigilância Sanitária ressaltou que o Paraguai continua passando por um período de aumento das infecções, resultado direto do relaxamento das medidas sanitárias durante as festas de dezembro. Essa tendência continuará pelo menos no primeiro trimestre do ano.