Cotidiano

Três dias após temporal, comerciantes amargam prejuízos com estragos em Campo Grande

Falta de energia e ruas interditadas após queda de árvores prejudicaram comércio

Mylena Rocha e Renata Barros Publicado em 18/10/2021, às 10h00

Árvores interditam ruas e atrapalham fluxo de clientes.
Árvores interditam ruas e atrapalham fluxo de clientes. - Renata Barros/Midiamax

Já faz três dias desde que a tempestade com ventania causou uma série de estragos em Campo Grande. Além dos milhares de moradores sem energia, os comerciantes também amargam prejuízos causados pela falta de energia no fim de semana e as quedas de árvores, que interditam ruas e prejudicam o movimento.

[Colocar ALT]
Moradores e comerciantes pedem retirada das árvores. (Foto: Renata Barros/Midiamax)

No bairro Aero Rancho, ainda há árvores caídas e que continuam causando a interdição das ruas. Caso não sejam retiradas logo, os comerciantes temem ainda mais prejuízos, já que os clientes não conseguem transitar e chegar até o estabelecimento. 

Josefa da Silveira, de 58 anos, é proprietária de um pet shop no bairro e conta que há dois meses já havia sofrido com estragos de um temporal. Na ocasião, ela chegou a perder as vacinas que estavam guardadas no estabelecimento. Desta vez, os estragos não foram tantos, mas a rua continua interditada por conta da queda de árvores. 

“O que impacta é a falta de clientes porque não tem como transitar com o carro aqui, até a pé é difícil passar, tem que dar a volta na árvore [caída]. No fim de semana, já afetou em 40% o fluxo de clientes”, afirma. 

Proprietária de uma escolinha no Aero Rancho, Leonice Machado, de 50 anos, também relata prejuízos. Ela conta que os lanches das crianças foram perdidos por conta da falta de energia. Contudo, explica que a situação não foi tão crítica porque os pais logo vieram buscar as crianças no dia do vendaval. “As crianças ficaram muito assustadas, as colocamos para dentro e elas foram se acalmando. Como era sexta-feira, os pais logo vieram buscar, ainda bem”, conta. 

No Aero Rancho, os comerciantes reclamam das árvores caídas e pedem a retirada o quanto antes. Até mesmo em frente ao Parque Ayrton Senna há uma árvore caída que bloqueia o trânsito. 

Bairros continuam sem energia

Mesmo dias depois da tempestade com vendaval que causou estragos em toda a cidade, bairros continuam sem energia elétrica em Campo Grande. O temporal causou destruição em diversas regiões na última sexta (15), com quedas de árvores, destelhamentos e apagões. Contudo, enquanto parte dos moradores voltam à rotina nesta segunda-feira (18), ainda há outros que continuam sem energia elétrica. 

As reclamações dos moradores não param de chegar e há até bairros que organizam protestos, depois de tanto tempo sem energia elétrica. Conforme relatos feitos pelos leitores ao Jornal Midiamax, são pelo menos 13 bairros sem energia nesta manhã. Além disso, há duas fazendas e um assentamento que também ainda não tiveram o fornecimento restabelecido. 

Jornal Midiamax