Cotidiano

Tema da redação do Enem 2021 é considerado 'desumano' e assusta pessoas: 'eu ia chorar'

Muitos sequer conseguiram entender o que o assunto propõe

João Ramos Publicado em 21/11/2021, às 13h18

Informação foi divulgada pouco antes das 13 horas, no horário de MS, deste domingo
Informação foi divulgada pouco antes das 13 horas, no horário de MS, deste domingo - (Foto: Reprodução)

O Ministro da Educação, Milton Ribeiro, divulgou o tema da redação da edição de 2021 do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). "Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil" é o assunto que os estudantes precisam desdobrar para conseguir uma vaga na Universidade.

A informação foi divulgada pouco antes das 13 horas, no horário de MS, deste domingo (21). A prova de redação do Enem exige dos candidatos a produção de um texto dissertativo-argumentativo. Em geral, o foco é em temas que discutem questões sociais, tecnológicas, culturais ou políticas.

Nas redes sociais, o tema "Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil" assustou os internautas que ficaram sabendo do "desafio" para quem está fazendo a prova na tarde de hoje.

Muitos sequer conseguiram entender e interpretar o que o assunto propõe. Confira as reações:

Enem 2021

Conforme o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), os candidatos terão 5 horas e 30 minutos para realizarem as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas e suas tecnologias, além da língua estrangeira (inglês ou espanhol) escolhida na inscrição.

A aplicação se encerrará às 18h. Os participantes que solicitaram atendimento especializado e tiveram o pedido de tempo adicional aprovado terão uma hora a mais, em cada dia do exame, para responderem às provas.

O segundo e último dia de aplicação do Enem ocorre no domingo, dia 28 de novembro. Neste dia, o candidato responderá a 90 questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias, sendo que cada área terá 45 questões objetivas.

Jornal Midiamax